O Botafogo tem sofrido longe do Rio de Janeiro no Campeonato Brasileiro. A derrota para o América-MG, neste domingo, no Independência, foi a terceira partida sem vencer fora de seus domínios – se juntando ao empate com o Sport e a derrota para o Cruzeiro. O técnico Alberto Valentim concorda que é preciso melhorar o rendimento da equipe, mas volta sua atenção para o duelo contra o Vitória, pela próxima partida do torneio.

– Vamos procurar melhorar. Jogamos bem contra o Cruzeiro. Precisamos melhorar em todos os sentidos para fazer a bola entrar. Vamos analisar bem para corrigir. Bom ter uma semana para corrigir porque o Vitória é um adversário difícil – disse o treinador.

Contra o América-MG, o que se viu dentro de campo foi uma atuação sem brilho do Alvinegro. Bem defensivamente, acabou punido por uma desatenção que decretou o resultado. Apesar da atuação abaixo do esperado, Valentim lembrou das substituições para afirmar que o Botafogo entrou em campo pensando na vitória.

– Nós tentamos jogar no campo do adversário o tempo todo. Procuramos achar o espaço pra achar a jogada de penúltima bola. A postura foi de um time que queria vencer. Até as substituições você pode ver que eu fiz pra vencer o jogo – afirmou Valentim.

Novidade na escalação, Gustavo Bochecha começou entre os titulares neste domingo. O meia ganhou a posição de Kieza, dono da vaga contra o Fluminense, além de Leo Valencia, que retornou ao banco de reservas. O treinador justificou sua entrada devido atuação que teve diante do Fluminense, na última rodada.

– No jogo contra o Fluminense, tivemos dificuldade pra sair jogando. O Gustavo me dá isso com o Rodrigo. São jogadores que buscam mais a primeira bola. Ele me dá essa qualidade na saída e chega ao ataque também. A entrada dele foi pra qualificar o jogo nosso – declarou.

Fonte: Terra