Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

25/04/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Macaé
MAC

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

1

X

0

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

PAVOROSO, BOTAFOGO PERDE PARA O VASCO E PRATICAMENTE SELA REBAIXAMENTO PARA A SÉRIE B

223 comentários

Compartilhe

Sousa e Cano - Vasco x Botafogo
Vitor Silva/Botafogo

Este time do Botafogo está entrando para a história de forma trágica. Em mais uma noite pavorosa, o Glorioso praticamente selou seu rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro ao ser derrotado pelo Vasco da Gama por 3 a 0 neste domingo, em São Januário. O resultado deixou o Fogão a longínquos nove pontos de deixar o Z-4, faltando nove rodadas apenas. Agora, só um milagre.

O Botafogo encarava o Vasco numa verdadeira decisão na briga para fugir do rebaixamento, mas entrou em campo com uma letargia e desorganização incríveis. Parecia um jogo que nada valia, um time de pelada, um dos piores já montados na história do Glorioso. Logo aos seis minutos, o Vasco já assustou com Germán Cano.

Os quatro atacantes escalados por Eduardo Barroca nada conseguiam fazer e protagonizaram um festival de erros. Sem conseguir incomodar o adversário, o Botafogo tomou o gol aos 21 minutos: Henrique cruzou da esquerda e Talles Magno subiu entre Sousa e Victor Luis, que só olharam, cabeceando no canto e fazendo 1 a 0.

Nem o gol conseguiu provocar uma reação do Botafogo. O Vasco seguiu melhor, jogando à vontade. Cano quase marcou o segundo, mas não conseguiu finalizar direito e Sousa tirou em cima da linha. O Fogão só conseguiu assustar numa cabeçada de Kanu no travessão, que já não valia nada, e num chute de fora da área de Romildo para fora.

No segundo tempo, o técnico Eduardo Barroca colocou em campo os jogadores que haviam sido barrados na formação inicial – Kalou, Bruno Nazário e, depois, Cícero. O Vasco seguiu controlando o jogo, mas o Botafogo pelo menos conseguiu pressionar mais. Aos 23 minutos, Kalou pegou a sobra do escanteio e Henrique salvou em cima da linha, evitando o empate.

Três minutos depois, o Botafogo enfim conseguiu balançar as redes, com Cícero, de cabeça, mas o volante estava impedido e o gol foi invalidado. Avançado, o Glorioso acabou cedendo espaços e o Vasco conseguiu matar o jogo aos 31 minutos. Barrandeguy, que acabara de entrar, errou, o time da cada fez linha de passe na frente da área e Andrey chutou cruzado, fazendo 2 a 0.

O Botafogo seguiu cometendo erros bisonhos, não teve força para reagir e ainda fez o torcedor sofrer mais. Diego Cavalieri chegou a fazer uma grande defesa em chute de Cano. Porém, nos acréscimos, Barrandeguy derrubou Yago Pikachu na área. O próprio Pikachu foi para a cobrança e fechou o placar em 3 a 0.

Próximos jogos

Dependendo agora de um verdadeiro milagre, o Botafogo terá uma semana cheia até o próximo compromisso da equipe no Brasileirão, domingo que vem, contra o Santos, às 16h, na Vila Belmiro. Na sequência, o Glorioso volta a jogar em casa e recebe o Atlético-GO no Estádio Nilton Santos, dia 20.

FICHA TÉCNICA
VASCO DA GAMA 3 X 0 BOTAFOGO

Estádio: São Januário
Data-Hora: 10/01/2021 – 20h30
Árbitro: Raphael Claus (Fifa/SP)
Assistentes: Marcelo Van Gasse (Fifa/SP) e Alex Ang Ribeiro (SP)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)
Renda e público: Portões fechados
Cartões amarelos: Yago Pikachu (VAS)
Cartões vermelhos:
Gols: Talles Magno 21’/1ºT (1-0), Andrey 31’/2ºT (2-0) e Yago Pikachu 51’/2ºT (3-0)

VASCO DA GAMA: Fernando Miguel; Cayo Tenório (Jadson 29’/2ºT), Werley, Leandro Castan e Henrique; Bruno Gomes (Marcos Junior 41’/2ºT), Leonardo Gil (Caio Lopes 29’/2ºT) e Juninho (Andrey 20’/2ºT); Yago Pikachu, Cano e Talles Magno (Gabriel Pec 41’/2ºT) – Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

BOTAFOGO: Diego Cavalieri; Kevin (Barrandeguy 31’/2ºT), Sousa, Kanu e Victor Luis; José Welison, Romildo (Cícero 8’/2ºT) e Rhuan (Kalou – Intervalo); Warley (Bruno Nazário – Intervalo), Pedro Raul e Kelvin (Lecaros 20’/2ºT) – Técnico: Eduardo Barroca.

Classificação atualizada do Campeonato Brasileiro:

Standings provided by SofaScore LiveScore

Fonte: Redação FogãoNET

Comentários