O término do duelo entre Botafogo e São Paulo não terminou de modo pacífico nas arquibancadas do Engenhão, na tarde deste domingo. Após o apito final no empate por 2 a 2, torcedores do Tricolor iniciaram uma briga entre si, arrefecida com a intervenção da polícia militar do Rio de Janeiro, que agiu com bombas de efeito moral.

 

Com ferimentos leves, cerca de dez torcedores precisaram ser atendidos no ambulatório do Nilton Santos. Não houve presos.

A confusão se deu nas arquibancadas porque os visitantes só podem deixar o estádio depois de uma hora transcorrida ao final da partida. A situação, contudo, foi rapidamente controlada e não houve registros de briga com a torcida do Botafogo no entorno do Engenhão.

Mais de 40 ônibus deixaram a capital paulista rumo ao Rio de Janeiro para o duelo válido pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. A torcida do São Paulo esgotou ainda durante a semana os 4.200 ingressos destinados a ela.

Com o resultado, o São Paulo caiu para o terceiro lugar da competição, com 52 pontos, e perdeu a liderança para o rival Palmeiras (53), que supera o Internacional no saldo de gols. Logo após o desfecho do resultado no Rio de Janeiro, a Torcida Independente convocou seus membros a acompanhar o treino de sexta-feira, véspera do Choque-Rei.

“Sexta-feira, todos no CT. Chega de logística. Chega de treino. Chega de concentração. Vai ter que ser na raça”, escreveu a organizada em sua conta no Twitter.

Fonte: Gazeta Esportiva e e Twitter Liberta Deprê