Volante Airton é absolvido no STJD de denúncia de recusa a exame antidoping

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

O meia do Botafogo Airton foi absolvido por unanimidade pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), na manhã desta quarta-feira, da denúncia de ter se recusado a realizar um exame antidoping na partida contra o São Paulo, dia 10 de setembro, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF).

Na ocasião, Airton havia sido expulso após pisar na cabeça do atacante Alexandre Pato e, muito nervoso, foi direto para o vestiário, quando deveria se encaminhar automaticamente para a sala dos exames.

O meia, porém, tão logo foi comunicado do sorteio, se direcionou para o local acompanhado do oficial do controle de dopagem.

Anteriormente, o jogador foi julgado pela expulsão nesta partida e poderia pegar pena mínima de quatro jogos por agressão, mas o Botafogo conseguiu mudar para ato hostil e o gancho foi de apenas dois duelos.

Nesta quarta-feira, o Glorioso enfrentará o Santos, às 19h30, no Maracanã, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil.

Notícias relacionadas