O volante Sidney deixou o treino físico do Botafogo mais cedo, no início da tarde deste sábado, em General Severiano, depois de queixar-se de cansaço. O jogador se preparava para mais uma volta no campo, reclamou com o preparador físico e imediatamente foi retirado da atividade. Visivelmente abatido, ele foi atendido pelo coordenador do departamento médico Rodrigo Kaz, que acompanhava o trabalho. O médico conversou com o volante, medindo sua pressão. Em seguida, jogador e o médico foram para os vestiários.

De acordo com o departamento médico do clube, Sidney está voltando a trabalhar depois de uma lesão sofrida na temporada passada e, por estar sem jogar, sentiu o ritmo da atividade. 

Sidney tem 19 anos e foi revelado nas divisões de base do Botafogo. Até o ano passado ele era capitão do time de juniores do clube. O jovem e o meia Daniel foram os únicos a serem promovidos aos profissionais para 2014.

De manhã, o jogador, assim como os demais companheiros que se reapresentaram na sexta-feira, realizaram um corrida no campo. Em seguida, divididos em grupos de seis, passaram por um teste de resistência no campo de grama sintética. Na sequência, voltou para o campo de grama natural. Lá, estavam todos os companheiros, que divididos em três grupos, corriam com os preparadores físicos.

O goleiro Helton Leite, contratado ao Criciúma, único da posição a se apresentar na sexta-feira, trabalhou com o preparador Flavio Tenius. Em seguida, correu sozinho em volta do campo. O técnico Eduardo Hungaro esteve em campo e observou a parte final do trabalho dos jogadores.

Fonte: Lancenet!