Vôlei do Botafogo conquista etapa Mata Atlântica da Supercopa

Compartilhe:

Após 29 anos sem participar de competições de vôlei, o Botafogo retornou em grande estilo às quadras. O alvinegro carioca conquistou neste domingo o título da etapa Mata Atlântica da Supercopa Masculina de Vôlei, disputada em Uberlândia. A equipe comandada por Walner Rodrigues venceu o Uberlândia Tênis Clube (UTC) por 3 sets a 1, com parciais de 25/17, 25/22, 23/25 e 25/21.

O Glorioso sobrou no torneio. Na primeira rodada o Botafogo bateu o Rio Branco, de Americana (SP),  por 3 a 0, e foi campeão perdendo apenas um set na competição. Já o UTC, com uma base formada por jovens atletas, foi derrotado nas duas partidas.

Com o título, o Botafogo carimbou o passaporte para a etapa nacional da Supercopa, que será disputada de 18 a 23 de maio, em Brasília.

Em quadra

O Botafogo dominou o primeiro set do jogo. Alternando jogadas de ataque com Thiago Aranha, Reinaldo e Brad, o time carioca abriu larga vantagem. No bloqueio, Danilão segurou as investidas dos uberlandenses, que tiveram muitas dificuldades de encaixar jogadas. O UTC tentou a reação com dois aces de Stael, mas foi pouco. O Alvinegro finalizou a etapa em 25/17.

UTC Botafogo Supercopa de Vôlei (Foto: CBV)Botafogo perdeu apenas um set em todo torneio e levou o título da etapa Mata Atlântica da Supercopa de Vôlei (Foto: CBV)

Já no segundo set a parada foi dura. O UTC arrumou a casa e conseguiu equilibrar as ações com os cariocas. Com Edinho e Lucão, o time de Uberlândia cresceu na partida e manteve o placar em igualdade com o Botafogo durante boa parte o período. Pelo lado carioca, as principais jogadas saíam das mãos de Reinaldo e Antônio. Numa disputa acirrada, o alvinegro mais vez saiu vitorioso, por 25/22.

O UTC, que já havia melhorado na etapa anterior, cresceu ainda mais no terceiro set. Sob os atentos olhares do técnico Manoel Honorato, o jovem time de Uberlândia mostrou personalidade e segurou o Botafogo. Rafael Pará, Casimiro e Lucão ditaram o ritmo da equipe. Mesmo com alguns erros de saque, o UTC venceu o set por 25/23.

Mais equilíbrio ainda no quarto set. Nova disputa acirrada pela dianteira do placar, ponto a ponto. Pelo UTC, Rafael Pará e Edinho, os mais experientes do time, e o levantador Casimiro foram os destaques. No Botafogo, Tiago Aranha e Reinaldo davam o troco. O marcador seguiu em igualdade até 20/20. Na reta final, o Botafogo errou menos, fez 25/21 e sagrou-se campeão da etapa Mata Atlântica da Supercopa Masculina de Vôlei.



Fonte: Globoesporte.com
Comentários