Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

25/04/21 às 00:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Macaé
MAC

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

1

X

0

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Wagner se emociona e diz que pensou que não jogaria no Botafogo em 1995: ‘Gonçalves e Gottardo pediram’

0 comentários

Compartilhe

Wágner na final do Brasileiro de 1995 entre Santos e Botafogo
Reprodução/TV Globo

Um dos heróis da conquista do Botafogo no Campeonato Brasileiro de 1995, o ex-goleiro Wagner foi a grande estrela da live “Resenha dos Campeões” promovida pelo canal oficial do clube no YouTube. Descontraído, sem papas na língua, ele chegou a se emocionar no começo do papo com o ex-companheiros Túlio Maravilha, Gonçalves, Sérgio Manoel e o ex-presidente Carlos Augusto Montenegro.

Destaque na decisão contra o Santos no Pacaembu, que foi reexibida neste domingo em TV aberta, Wagner pensou que não conseguiria jogar no Botafogo em 1995 e que só continuou por causa do pedido dos zagueiros Gonçalves e Wilson Gottardo, capitão do time.

Quase não iria jogar em 95, tinha passado um momento muito adverso no ano anterior, mas com muito trabalho e dedicação consegui. Estava precisando me firmar e existia a possibilidade de o clube trazer outro goleiro. Tenho muita gratidão pelo Gonçalves e pelo Gottardo, na época os dois que pediram ao Montenegro para acreditar no meu trabalho e esperar acontecer o que aconteceu dentro do Botafogo. É uma coisa que não esqueço, tenho uma gratidão muito grande por eles – afirmou Wagner, emocionado, agradecendo também a Montenegro:

Bolsas, mochilas e carteiras para torcedores do Botafogo na loja do FogãoNET/Estilo Piti

– Sou muito grato por tudo que aconteceu na minha vida dentro do Botafogo. E o Montenegro também bancou a palavra do Gottardo e do Gonçalves na época.

Hoje membro do Comitê Gestor de Futebol do Botafogo, Montenegro retribuiu as palavras de carinho na transmissão ao vivo e elogiou Wagner.

– Não tinha como eu negar uma chance, depois de janeiro você me dizer de uma forma bem clara que se ficasse em dezembro não iria passa nada. Você me prometeu um ano antes! Você é um cara que eu sempre admirei, profissional, sério, humilde, pé no chão, tenho a maior honra de ser seu amigo – disse o ex-presidente.

Durante toda a resenha, Wagner fez diversas brincadeiras com os companheiros, sempre acompanhado do famoso danone. Túlio Maravilha, irreverente, deu uma zoada no ex-goleiro no final.

– Você está quebrando muito, não vai voltar mais não – brincou o Maravilha.

Veja o vídeo da Resenha dos Campeões do Botafogo de 1995:

Fonte: Redação FogãoNET e Botafogo TV

Comentários