Walmer Machado faz duras críticas: ‘O Botafogo hoje está abandonado’

8 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Walmer Machado é candidato a presidente no Botafogo
Twitter/FogãoNET

Candidato a presidente do Botafogo para os próximos quatro anos, Walmer Machado deu entrevista em tom de desabafo ao FogãoNET em General Severiano. No dia da eleição, o advogado fez duras críticas à atual gestão.

– Em relação ao futebol, o que estamos experimentando é extremamente dramático. O Botafogo não merece isso, ficar lutando para não cair. É algo que não vamos compactuar e não aceitamos. Se perdermos a eleição assumirem imediatamente. O Botafogo hoje está abandonado, o presidente Nelson Mufarrej largou o clube para o Comitê Gestor, composto pelo Montenegro, Rotenberg, Durcesio que é afilhado do Montenegro e disse que vai colocar cadeira para ele. Eles são a situação. O sócio-proprietário não pode esperar nada deles, o Mais Botafogo está há seis anos e nada fez. As oito oposições estão reunidas e nada fizeram – acusou.

– O Botafogo não tem um patrocínio na camisa. Isso é um absurdo. Já conversamos com o presidente do Comitê Nacional Olímpico da Itália, estamos trabalhando com frentes maravilhosas, todo mundo querendo investir, imagina com fato novo. Apresentamos resultado com ação da Odebrecht, R$ 45 milhões, senão as portas do Botafogo estariam literalmente fechados. Fomos tripudiados quando nos lançamos candidatos, passamos a ser elementos políticos, houve retaliação, todo o trabalho jurídico desapareceu. Apresentamos um banco de investimento e vamos ficar na expectativa de um bom resultado para saber os rumos do Botafogo – completou.

A eleição do Botafogo ocorre até 21h desta terça, com Walmer Machado, Alessandro Leite e Durcesio Mello como candidatos.

Fonte: Redação FogãoNET e Twitter do FogãoNET

Notícias relacionadas