Sob o olhar atento do técnico Ricardo Gomes, que assume efetivamente a equipe nesta quarta-feira, o Botafogo decepcionou os pouco mais de 5 mil alvinegros que foram ao Estádio Nílton Santos. O empate em 0 a 0 com o Criciúma chamou a atenção pela falta de inspiração alvinegra. Em mais de 90 minutos de jogo, nenhuma chance clara foi criada. O resultado foram as vaias da torcida.

— A gente se esforça. A torcida tem o direito de cobrar raça pelo que ela está vendo. Garanto que não faltou disposição. Tivemos algumas chances e temos que trabalhar para não perdê-las no próximo jogo — lamentou o volante Willian Arão.

Se serve de alento para o torcedor, o Alvinegro segue na liderança da Série B, agora com 29 pontos após o empate de ontem. Os tropeços dos rivais diretos na disputa pelo título beneficiaram a equipe. Na visão do zagueiro Diego Giaretta, a atuação alvinegra não foi de todo ruim.

— Não acho que tivemos uma má atuação. Criamos algumas chances, mas o gol não veio e isso sempre compromete no final da partida. Agora é pensar na sequência da Série B. O importante é que seguimos na liderança — disse o defensor, que não teve sua opinião compartilhada pelo volante Fernandes.

— Não foi a noite que esperávamos. Temos que acertar algumas coisas. Mas agora é pensar nos próximos jogos e pensar no que foi feito — avaliou.

A equipe terá o comando de Ricardo Gomes no treinamentos a partir desta quarta-feira, com o interino Jair Ventura voltando a ser auxiliar. A estreia do novo treinador será no sábado, contra o Luverdense, no Nílton Santos. Até lá, terá muita coisa para acertar.

Fonte: Extra Online