O Botafogo vai ter que aprender a jogar sem Dória na zaga. Suspenso por ter recebido o terceiro cartão amarelo, ele não enfrenta o Fluminense, domingo, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. O cenário voltará a se repetir em setembro, quando ele perderá três jogos do Brasileiro para a disputa de amistosos da seleção brasileira sub-21, convocada nesta segunda-feira por Alexandre Gallo.

Sem Dória, a tendência é que André Bahia esteja em campo. Ele fez quatro partidas como titular ao lado de Bolívar no Brasileiro. O outro reserva da posição, Dankler, ainda não entrou em campo na competição.

Antes da viagem com a seleção brasileira, Dória poderá fazer apenas dois jogos pelo Botafogo, contra o Figueirense, no Orlando Scarpelli, em 20 de agosto, e contra a Chapecoense, no Maracanã, no dia 23. O zagueiro esteve no centro de uma polêmica na última semana, quando recebeu um salário atrasado antes dos demais companheiros — apenas Gabriel também recebeu na ocasião. Com cláusula de rescisão estipulada em € 20 milhões para transferência internacionais, ele é visto como uma possibilidade do clube desafogar a atual situação financeira e uma negociação ainda neste ano não está descartada.

Com apenas 19 anos, Dória já é titular do Botafogo há dois anos. Ele tem 93 partidas com a camisa alvinegra e cinco gols marcados. No ano passado, ele renovou seu contrato com o clube até o fim de 2017. Na atual temporada, no entanto, Dória não está no auge de sua forma. Depois de um primeiro semestre longe do seu melhor momento, o zagueiro falhou em lances decisivos desde o retorno do Brasileiro. Nas derrotas para o Flamengo e Atlético-PR e no empate com o Cruzeiro, ele perdeu disputas no alto em bolas levantadas na área que terminaram em gols do adversário.

Em preparação para os Jogos Olímpicos de 2016, a seleção brasileira da qual Dória faz parte jogará amistosos contra Egito, Qatar e Líbano, entre 1° e 10 de setembro, todos no Qatar. Com isso, o zagueiro não enfrentará o Santos, no Maracanã, em 31 de agosto; o Atlético-MG, no Independência, em 7 de setembro; e o São Paulo, no Beira-Rio, em 10 de setembro. Além de Dória, dois jogadores promovidos aos profissionais pelo Botafogo foram convocados: Vitinho, atualmente no CSKA, da Rússia, e Gilberto, emprestado ao Internacional.

Fonte: O Globo Online