Após a vitória por 2 a 1 sobre o Flamengo, no clássico de sábado, no Nilton Santos, o Botafogo respira mais aliviado na na luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Agora, o Alvinegro volta suas atenções para a Chapecoense, na quinta-feira, na Arena Condá, em Santa Catarina. O técnico Zé Ricardo não poderá contar com o volante Rodrigo Lindoso, suspenso.

A tendência é que Zé Ricardo escale Gustavo Bochecha, mas Jean, recuperado de dores na coxa esquerda, pode ser a outra opção.

Na frente, o atacante Luiz Fernando pode virar mais um problema no Alvinegro, já que teve lesão na coxa esquerda no sábado e precisou ser substituído no clássico. Ele será avaliado hoje na reapresenta do elenco. De qualquer maneira, Rodrigo Pimpão já está de sobreaviso.

Kieza, que voltou a reclamar de dores no tendão de Aquiles, pode ganhar a vaga de Brenner caso não sinta mais dores. O meia João Paulo, que não atua desde 18 de março, é outro que poderá ficar à disposição para quinta-feira.

— É difícil cravar o retorno dos atletas. O Jean está tentando recuperar, mas a sua lesão é a mais chata. O Kieza tentou, mas sentiu novamente o tendão de Aquiles. Já o João Paulo está no processo, está fazendo muita força, com dedicação pra tentar nos ajudar nesta reta final. Se não prejudicá-los, gostaria de contar com os três — salientou o treinador, que enalteceu o triunfo sobre o Flamengo no clássico de sábado.

— Foi a nossa melhor atuação após minha chegada aqui. Tenho um respeito enorme pelo Botafogo e sei da responsabilidade. Vai ser sempre difícil enfrentar o Flamengo. É um elenco maduro e com grandes profissionais. Não esperava ou espero qualquer facilidade.

Fonte: Extra Online