Em entrevista coletiva concedida antes do treino desta sexta-feira, Ricardo teve que responder a maioria das perguntas a respeito da contratação de Diego Souza, anunciada oficialmente minutos antes pelo Botafogo. O treinador não escondeu a felicidade com o reforço, emprestado pelo São Paulo até dezembro.

– Hoje é um dia feliz para todos nós: torcida, comissão técnica, torcedores. A chegada dele faz parte de um planejamento que tínhamos no final do ano passado. Um grande nome para o nosso ataque, dispensa comentários. Tenho certeza que ele vai encontrar um ambiente de trabalho muito bom. Torcer para que as coisas se encaixem. Penso nele para jogar o quanto antes já que estava treinando no São Paulo, espero que possa nos ajudar – comentou Zé, emendando acerca do posicionamento que pretende acioná-lo em campo:

– Primeiro pensamento é utilizá-lo no comando do ataque. Um jogador diferente, referência em campo. Passados os treinamentos, podemos optar por utilizá-lo em uma posição mais no meio de campo. Temos que ver os treinamentos, mas o primeiro pensamento é no ataque.

Nesta manhã, Diego Souza chegou de viagem de São Paulo. Ainda não há previsão para a estreia do atacante de 33 anos, a ser apresentado em General Severiano na manhã deste sábado, mas Zé Ricardo também respondeu sobre a Taça Rio e as imensas dificuldades para seguir vivo no Estadual.

– Temos que procurar fazer 100% nesses quatro jogos que faltam, é difícil. Mas vínhamos numa sequência tão difícil quanto e ficamos seis jogos sem perder. Tem que servir como inspiração para a gente.

O Botafogo volta a campo nesta segunda, contra o Madureira, às 20h, pela terceira rodada da Taça Rio. O duelo será realizado no Nilton Santos.

Fonte: Terra