A vida de um treinador de futebol é cercada de estudo, escolhas e decisões e com o professor Zé Ricardo não é diferente. Estudioso, o comandante alvinegro busca soluções para equipe em conjunto com a comissão técnica e cada jogo tem que ser trabalhado de forma diferente, avaliando não só sua equipe, como o adversário. Diante do Atlético Paranaense, sábado, em Curitiba, Zé não descarta uma mudança tática na equipe e trabalhou a semana de olho na receita certa para elevar a posição do Alvinegro na tabela.

– Quando a equipe não consegue chegar a um jogo favorável precisamos buscar soluções. Nesse sentido que vamos jogar amanhã. A partida contra o Bahia era importante e agora temos que buscar os pontos fora de casa. O que temos que ter é uma postura muito mais agressiva, competitiva, uma forma diferente do que fomos nas duas últimas partidas e deixamos a desejar – destacou o treinador.

O Botafogo enfrentará um Atlético Paranaense dividido entre o Campeonato Brasileiro e a Copa Sul-Americana, mas a jornada dupla do adversário não ilude Zé Ricardo. O treinador acredita que o mandante virá com o que tem de melhor para enfrentar o Glorioso, o que exige atenção total para voltar ao Rio com os três pontos.

– Particularmente não acredito, acho que o Atlético vira com força máxima. Lógico que vão procurar ver quem está em melhores condições e como eles trabalham em duas frentes isso pode acontecer de forma pontual e não com um time todo reserva. A gente conversou e esses dois últimos jogos foram abaixo do que a gente esperava. Nessa semana cheia trabalhamos em cima desses pontos. Temos uma estratégia para o jogo de amanhã – frisou.

Confira os demais trechos da entrevista coletiva de Zé Ricardo:

JEFFERSON E GATITO

– Os dois estão próximos de retornar, mas acho até que não devemos dar um prazo para não criar expectativas. O momento é de dar confiança aos que estão jogando.

JEAN É DÚVIDA

– O Jean realmente tentou ir ao seu limite, um jogador que sempre quer ajudar e vamos ver. Não temos certeza se ele poderá participar da partida.

O GRAMADO SINTÉTICO DA BAIXADA

– A diferença é a velocidade do jogo, da bola. Particularmente acho um bom gramado e as dificuldades de jogar lá são naturais, não vejo como o fator determinante para os resultados que eles possuem em casa. Contam com um bom time.

LÉO VALÊNCIA RELACIONADO

– O Léo será relacionado para o jogo sim, se recuperou de uma lesão de panturrilha, que é sempre um pouquinho mais chato.

ALVINEGRO NO OPG SUB-20

– Os quatro jogos que fizeram acabaram batendo com nossos jogos e treinamentos. Mas recebi vídeos e relatórios e sempre é importante estar próximo das categorias de base. Se forem chamados estarão preparados, até pelo trabalho da base ser feito com excelência.

VENCER É O QUE IMPORTA

– Na situação que estamos não podemos pensar em outra coisas do que vencer a partida. Essa tem que ser a ideia desde o início.

SALÁRIOS ATRASADOS

– É complicado falar de salário atrasado, é uma situação que não temos controle. Eu não posso fazer nada nesse sentido, mas participo do princípio de fazer tudo que faço com paixão e o futebol tem isso. O que me move é a paixão do dia a dia e de trabalhar com o que amo. Incomoda, uns precisam mais do que os outros, mas todos precisam. Temos que focar no campo, naquilo que precisamos melhorar. O quanto isso atinge a todos eu não tenho como quantificar. Vejo uma mobilização muito grande da direção para sanar esses problemas. Se hoje for pago o salário certamente isso dará uma tranquilidade na reta final, coisa que a gente precisa.

Fonte: Site oficial do Botafogo