Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Taça Rio

22/05/21 às 15:05 - São Januário

Escudo Vasco
VAS

X

Escudo Botafogo
BOT

Taça Rio

16/05/21 às 11:05 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Vasco
VAS

Taça Rio

09/05/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Nova Iguaçu
NOV

0

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Zé Roberto será julgado de novo no STJD por entrada em Lucas

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

O lance que resultou na lesão do lateral-direito Lucas, do Botafogo, ainda está rendendo nos tribunais. O Superior Tribunal de Justiça Desportiva acatou o pedido de recurso da Procuradoria e irá julgar novamente o meia Zé Roberto por sua entrada no duelo com os cariocas, na Arena. O novo julgamento está marcado para as 12h desta sexta-feira. O atacante Eduardo Vargas também novamente senta no banco dos réus, por sua expulsão diante do Criciúma – mas quem recorreu foi o clube gaúcho, para tentar reverter punição de quatro jogos.

No jogo vencido pelo Tricolor por 2 a 0, Zé Roberto deu um carrinho lateral em Lucas. O lateral acabou com uma fratura no tornozelo, embora o árbitro da partida não tenha nem dado cartão amarelo para o jogador. Denunciado no artigo 254, o camisa 10 gremista pode novamente pegar até seis partidas de suspensão – ou então ficar de fora pelo mesmo período de recuperação do lateral, como prevê um dos parágrafos.

O novo julgamento causou revolta no clube gaúcho. O assessor de futebol Marcos Chitolina se irritou ao ser informado que a Procuradoria havia pedido o recurso, acatado. Atualmente, Zé Roberto está fora de ação por conta de lesão muscular na coxa direita. Pode retornar aos treinamentos na próxima semana.

– É uma surpresa para mim. Fico surpreso porque o Tribunal e os procuradores vejam o GrÊmio dessa forma. Todo jogador do Grêmio é julgado rapidamente e outra vez quando é absolvido. Temos que ter cabeça fria, mas nos indignar também. Não digo perseguição, mas qualquer jogada que em outros clubes são consideradas normais, para jogador do Grêmio é considerada agressão. Não podemos aceitar todo momento jogadores sendo indiciados – discursou Chitolina.

Notícias relacionadas
Comentários