Acesso Total revela enorme bronca de Altamiro Bottino em jogadores do Botafogo antes de sair

29 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Altamiro Bottino, ex-coordenador científico do Botafogo
Reprodução/GE

Já no ar no Globoplay para assinantes do pacote que inclui canais, o segundo episódio de “Acesso Total” vai ao às 23h30 desta terça-feira no SporTV. O “GE” exibiu um vídeo em que mostra uma enorme bronca do então coordenador científico Altamiro Bottino nos jogadores do Botafogo.

Identificado com o Botafogo, o profissional pediu demissão em maio (hoje está no Cuiabá). Ele lembrou que mais de 90 funcionário foram demitidos para cobrar mais do elenco no dia de sua saída.

– Vocês precisam do que mais para ter segurança? Estão num clube grande pra c…, com história, recebendo enquanto tem uma porrada de gente sem receber. Os caras ali (diretoria) se f… para pagar salário, o outro com o nome no muro, xingado, para não dividir uma bola? Para chegar aqui preocupado onde vai parar o carro? Eu não estou acreditando. Quando você chegou, meu camarada, eu só ouvia falar bem de você (Carli). Eu lamentei muito. Estou lamentando não estar aqui para ver você comandar essa galera aqui porque você tem capacidade de fazer isso, para cobrar – disse Altamiro.

– Mandaram 90 funcionários embora porque era necessário, não tinha jeito, alguém tem que pagar para poder fechar as contas. E a gente aqui está trabalhando pelos 90. Domingo tem um jogo importante para c…. Vocês vão entregar? Eu não vou estar aqui para ver. Não consigo conviver com essa oscilação entre orgulho e tristeza. Vou procurar um lugar onde eu consiga passar mais dias orgulhoso. Não por causa deles (diretoria), ou deles (comissão técnica), mas por causa de vocês (jogadores). Eu não consigo conviver com a tristeza por causa de vocês – completou.

O vice-presidente geral Vinicius Assumpção ainda tenta demover Altamiro da decisão de sair, mas não houve jeito. O “jogo importante” de domingo foi a segunda partida da final da Taça Rio. O Botafogo venceu o Vasco por 1 a 0 no tempo normal, mas acabou derrotado nos pênaltis, antes de estrear na Série B.

Fonte: Redação FogãoNET e GE

Notícias relacionadas