Anderson Barros tenta empurrar Luiz Adriano ao Botafogo, que pede para Palmeiras pagar 70% do salário; negócio mela

143 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Luiz Adriano, atacante do Palmeiras
Divulgação/Palmeiras

O Palmeiras, por meio do diretor de futebol Anderson Barros, tentou empurrar Luiz Adriano para o Botafogo. Porém, a negociação melou por conta de questões salariais. A informação é do “Lance!”.

Como Luiz Adriano tem salário superior a R$ 1 milhão, o Botafogo pediu que o Palmeiras pagasse 70% da quantia mensal.

Entretanto, o Palmeiras não topou. De acordo com o “Lance!”, o máximo que o clube pagaria seria 50% do valor. A ideia do Alviverde era aproveitar o crescimento do Botafogo, a SAF e a carência na camisa 9 após a saída de Rafael Navarro.

Luiz Adriano ainda alimenta a esperança de jogar o Mundial de Clubes no Palmeiras.

Fonte: Redação FogãoNET e Lance!

Notícias relacionadas