Apenas Luís Castro, do Botafogo, e mais cinco técnicos são mantidos desde o início do Brasileiro

43 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Apenas Luís Castro, do Botafogo, e mais cinco técnicos são mantidos desde o início do Brasileiro
Vitor Silva/Botafogo

A manutenção de um técnico é um dos desafios do futebol brasileiro. Com a sequência de jogos, o calendário e a oscilação de resultados, poucos times conseguem manter um trabalho. Na Série A do Campeonato Brasileiro, por exemplo, apenas seis clubes estão com o mesmo treinador desde o início da competição.

Um dos citados é o Fortaleza, com a sequência do argentino Juan Pablo Vojvoda – no clube desde maio de 2020. Os demais componentes são: Rogério Ceni (São Paulo), Maurício Barbieri (RB Bragantino), além dos portugueses Luis Castro (Botafogo), Vítor Pereira (Corinthians) e Abel Ferreira (Palmeiras) – os dados são do ge.

No recorte geral, a última saída da seleta lista foi Eduardo Barroca, demitido do Avaí – que já contratou Lisca, ex-Santos. No aspecto da classificação, o Palmeiras é o líder, com o Corinthians em 5º, o Bragantino em 11º, o Botafogo em 12º, o São Paulo em 13º e o Fortaleza ficando em 15º.

Técnicos no mesmo clube desde o início da Série A

Maurício Barbieri | RB Bragantino – desde 4 de setembro de 2020.
Abel Ferreira (POR) | Palmeiras – desde 30 de outubro de 2020.
Vojvoda (ARG) | Fortaleza – desde 4 de maio de 2021.
Rogério Ceni | São Paulo – desde 13 de outubro de 2021.
Vítor Pereira (POR) | Corinthians – desde 23 de fevereiro de 2022.
Luis Castro (POR) | Botafogo – desde 25 de março de 2022.

Fonte: Diário do Nordeste e GE

Notícias relacionadas