Arbitragem acerta em anular três gols do Red Bull Bragantino contra o Botafogo e em não marcar pênalti

26 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Árbitro Ramon Abatti Abel em Red Bull Bragantino x Botafogo | Campeonato Brasileiro 2022
Reprodução/SporTV

Enfim o Botafogo teve uma arbitragem correta no Campeonato Brasileiro. Mais do que isso, os árbitros acertaram em marcações difíceis, todas favoráveis ao Alvinegro na vitória por 1 a 0 sobre o Red Bull Bragantino, nesta segunda-feira (4/7), pela 15ª rodada, no Estádio Nabi Abi Chedid.

No segundo tempo, foram três gols bem anulados do Bragantino, todos por impedimento. Dois deles precisaram do auxílio do VAR para serem invalidados.

Já no fim, o árbitro Ramon Abatti Abel agiu corretamente e não marcou pênalti de Victor Cuesta em Helinho, que forçou e se jogou. O VAR ainda chamou o juiz para rever, mas ele manteve a decisão de campo.

Para mim o zagueiro toma cuidado, tem contato mas não é suficiente. Ramon Abatti está bem posicionado, em cima do lance. Foi analisar impacto, para mim o atacante não cai por isso. Quando o árbitro fala que não foi nada, o VAR pergunta onde houve o contato. Por essa informação faz a chamada ou não, para o árbitro avaliar se o lance é faltoso ou não – explicou Fernanda Colombo, na “Central do Apito“, do “SporTV / Premiere”.

O juiz ainda teve mais um acerto ao expulsar Eric Ramires, que agrediu Hugo com uma bolada na cabeça com o jogo já parado.

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas