Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

ATUAÇÕES FN: Gilvan e Barreto comprometem em derrota do Botafogo para o Goiás; Diego Loureiro, Chay e Frizzo se salvam

145 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Gilvan, Kanu e demais jogadores do elenco alvinegro em Botafogo x Goiás | Série B do Campeonato Brasileiro 2021
Reprodução/Premiere

DIEGO LOUREIRO: 6,0
Fez duas grandes defesas e não teve culpa nos gols. Levou azar

DANIEL BORGES: 4,0
Melhorou um pouco, mas foi pouco. Errou bastante no ataque, inclusive na origem do segundo gol

KANU: 4,5
Não teve falhas capital, mas não vive seu melhor momento

GILVAN: 3,0
Primeiro tempo para esquecer. Errou tudo, cometeu falta baba no primeiro gol e foi facilmente driblado no segundo

HUGO: 5,0
Teve firmeza na defesa e boa condução de bola, só que pecou nos cruzamentos

BARRETO: 3,5
Entrou mole no primeiro gol e levou drible fácil no segundo. Se posiciona mal na marcação e não tem qualidade com a bola no pé

PEDRO CASTRO: 4,0
Correu e lutou, mas só isso não basta. Perdeu gol que poderia mudar a história do jogo

CHAY: 5,5
Coitado dele. Tem que jogar praticamente sozinho no time. Nem sempre é suficiente. Colocou Pedro Castro na cara do gol

MARCO ANTÔNIO: 4,0
Apagado demais. Uma ou outra boa participação, mas quase não apareceu. Substituído no intervalo

DIEGO GONÇALVES: 4,5
Pode chamar mais o jogo e arriscar jogadas. Acertou algumas. E errou outras fáceis

RAFAEL NAVARRO: 4,5
Não teve boa atuação. Brigou o jogo todo por espaços, o melhor que fez foi uma roubada e passe de letra na origem do gol perdido por Pedro Castro

WARLEY: 5,0
Foi mais participativa e impetuoso que Daniel Borges. Mas logo no primeiro lance isolou mais uma bola por cima, livre na área

MATHEUS FRIZZO: 6,0
Entrou bem no jogo, com vontade, dinâmica e bons lances. Estranho ter tido tão pouco espaço nas últimas partidas

MATHEUS NASCIMENTO: 5,0
Quase não foi acionado e quase não tocou na bola contra forte zagueiros

ÊNIO: 5,0
Deu alguma vida ao lado esquerdo e tentou jogadas, mas não teve brilho

RICARDO RESENDE: 4,0
O Botafogo com ele fazia primeiro tempo até certo ponto equilibrado e desmoronou após sofrer o primeiro e, principalmente, o segundo. Na etapa final, acabou com o time com as alterações. Botou dois centroavantes, encheu de centroavantes e foi facilmente dominado pelo Goiás

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas
Comentários