ATUAÇÕES FN: Victor Sá é boa surpresa em derrota do Botafogo para o Corinthians; Saravia, Jonathan Silva e Lucas Piazon vão mal

432 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Elenco - Botafogo x Corinthians - Campeonato Brasileiro
Reprodução/TV Globo

GATITO FERNÁNDEZ: 6,5
Não teve culpa nos gols e fez boas defesas no jogo

SARAVIA: 3,0
Sem ritmo, ficou perdido no primeiro tempo. Não fechou seu setor, não conseguiu apoiar e se mostrou cansado. Foi a chave do jogo

PHILIPE SAMPAIO: 4,0
Seu forte é combater o centroavante, mas não tinha centroavante para enfrentar e ficou perdido. Saiu para caçar Willian – por erro do esquema – e levou a pior em todas

KANU: 5,0
Foi o melhor da defesa, com agressividade e alguns bons cortes

JONATHAN SILVA: 3,0
Atuação muito ruim. Burocrático com a bola, ficou preso na defesa e sentiu a pressão do jogo. Errou um domínio fácil que resultou no escanteio do segundo gol

PATRICK DE PAULA: 4,5
Sinal de alerta na estreia. Ainda não está bem fisicamente, pareceu sem ritmo e deu mole no primeiro gol do adversário

LUÍS OYAMA: 5,0
Um pouco melhor que o companheiro, tentou chegar mais à frente. Perdeu bolas perigosas

LUCAS PIAZON: 3,5
Atuação apagadíssima. Só deu passes burocráticos, não se apresentou, não se movimentou nem criou

Banner de produtos com frete grátis na loja do FogãoNET: bolsas de academia e mochila do Botafogo

CHAY: 5,5
Mal escalado como ponta-direita, não rendeu no primeiro tempo. No segundo, melhorou, participou mais e tentou criar. Mas errou em três definições de jogadas que poderiam recolocar o Botafogo no jogo

VICTOR SÁ: 7,0
Foi o melhor do Botafogo, com boa técnica, velocidade e dribles

ERISON: 5,0
Não foi bem, em que pese a bola pouco ter chegado. Perdeu uma boa chance

HUGO: 6,0
Foi muito melhor que Jonathan Silva, com personalidade, arrancadas e chegada à frente

DIEGO GONÇALVES: 7,0
Entrou bem no jogo, deu opção e fez seu gol, cobrando pênalti

MATHEUS NASCIMENTO: 6,5
Ajudou a mudar cara da partida, mostrou qualidade, deu lençol e quase fez dois gols. Poderia ter finalizado melhor em ambos os lances

DANIEL BORGES: 5,5
Entrou para compor o lado direito. O estranho foi não ter sido titular

ROMILDO: 5,5
Deu gás e vitalidade ao meio

ROBERTO OLIVEIRA (LUÍS CASTRO): 5,0
Pouco tempo de trabalho, ainda não encontrou seu time nem conhece bem os adversários. Mas teve erros táticos e estratégicos que chamaram atenção. O principal deles foi deixar Willian livre o primeiro tempo inteiro. Escalar Saravia, Jonathan Silva e Lucas Piazon, além de deslocar Chay para a ponta-direita não foram boas opções

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas