Auxiliares de Luís Castro se apresentam e recordam interação com fãs do Botafogo: ‘É a melhor torcida, a mais diferenciada’

43 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Auxiliares de Luís Castro se apresentam e recordam interação com fãs do Botafogo: ‘É a melhor torcida, a mais diferenciada’
Reprodução/Botafogo TV

Luís Castro chegou ao Botafogo com dois auxiliares: Vítor Severino, de 38 anos, e João Brandão, de 39. Eles estavam juntos já no Al-Duhail e no Shakhtar Donetsk, e agora passarão a comandar este novo projeto do Glorioso. A dupla de auxiliares já teve um gostinho de se relacionar com os torcedores nas redes sociais antes mesmo do anúncio oficial.

Na ocasião, os dois trocaram postagens no Twitter fazendo referências ao Botafogo, mostrando conhecer a fundo a história do clube, o hino e os cantos da torcida. Os torcedores alvinegros curtiram muito, e a dupla relembrou esse episódio em conversa com a Botafogo TV nesta quarta-feira.

– É normal receber abordagens de outros clubes, mas quando você recebe de um clube da dimensão o Botafogo é óbvio que você fica empolgado. Era um objetivo nosso trabalhar no Brasil. Começamos logo a fazer uma pesquisa da mais tática, mas também o coração do clube, a torcida e sua história – contou Vítor Severino.

– Rimos muito, mas não fizemos aquilo para brincar. Já havia terminado nosso contrato com o Al-Duhail, haveria um espaço entre o anúncio e a nossa saída. Sabemos que é a melhor torcida, é a mais diferenciada, isso sempre me falaram. Vimos que a interação era grande e quisemos dar isso ao torcedor. Não teve nada de estratégia, foi no improviso – continuou.

– Quanto mais pesquisávamos, mais apaixonados ficávamos. É o Mais Tradicional, ficamos muito envolvidos e com muita vontade de vir para cá – disse João Brandão.

Vítor Severino e João Brandão terão a missão de ajudar Luís Castro no dia a dia de treinos. E eles explicaram um pouco como será a metodologia de trabalho.

– Nossa metodologia e ideia de jogo tem uma palavra que é muito forte: o envolvimento, de todos. Isso acontece nos exercícios de treino, no jogo, com e sem a bola. Esse envolvimento fica mais fácil quando individualmente conseguimos trazer coisas para o jogo coletivo, e isso acontece no futebol brasileiro, esse talento – explicou Brandão.

Veja o vídeo na Botafogo TV:

Fonte: Redação FogãoNET e Botafogo TV

Notícias relacionadas