BOTAFOGO VENCE AVAÍ DE VIRADA EM FLORIANÓPOLIS E SE REAPROXIMA DO G-8

103 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Victor Cuesta em Avaí x Botafogo | Campeonato Brasileiro 2022
Vítor Silva/Botafogo

O Botafogo voltou de vez à briga por vaga na Libertadores. De virada no segundo tempo, o Glorioso derrotou o Avaí por 2 a 1 nesta quinta-feira (6), na Ressacada, em Florianópolis, reassumiu a 9ª colocação do Campeonato Brasileiro, com 40 pontos, e agora está a apenas dois do América-MG, última equipe dentro do G-8 (veja a classificação no fim do texto). O sonho é possível!

O Botafogo começou a partida já criando uma ótima chance, nos pés de Tiquinho, que tocou para Eduardo e recebeu, avançou e chutou com muito perigo. O Glorioso era nitidamente melhor, mas não contava com um pênalti bizarro marcado para o Avaí com auxílio do VAR, após Júnior Santos dar um carrinho dentro da área e a bola pegar em seu braço de apoio. Bissoli bateu e fez Avaí 1 a 0.

Depois do gol, o Botafogo pouco conseguiu criar, sem pegada no meio e errando nas tomadas de decisão na frente. Jeffinho, aos 16 minutos, obrigou o goleiro Vladimir a fazer boa defesa, ao pegar uma sobra na entrada da área. Depois, aos 45, Júnior Santos balançou as redes, mas estava impedido e o gol foi corretamente anulado. Muito pouco para quem precisava da virada.

No segundo tempo, sim, o Botafogo conseguiu a virada num intervalo de apenas 11 minutos. Aos três, Marçal cobrou falta da esquerda e Victor Cuesta – sempre ele – cabeceou no ângulo, empatando em 1 a 1. Depois, Marçal cobrou escanteio, Cuesta cabeceou, a bola pegou em Mateus Sarará e sobrou para Tiquinho Soares encher o pé no rebote e virar: 2 a 1.

Com o Avaí atordoado, o Botafogo seguiu melhor e perdeu sucessivas chances de matar o jogo. Aos 18 minutos, a oportunidade mais incrível: Eduardo saiu arrancando pelo meio e deixou Jeffinho na boa para marcar, mas o garoto isolou com o gol vazio. Depois, aos 26, o estreante Jacob Montes recebeu, limpou bem a zaga e rolou para Jeffinho chutar, Vladimir espalmou e Tiquinho Soares e Victor Sá não conseguiram chegar no rebote.

Como não matou o jogo, o Botafogo acabou levando uma pressão do Avaí nos minutos finais, mas conseguiu sustentar a vitória, a quarta nos últimos seis jogos no Brasileirão.

Próximos jogos do Botafogo

O Botafogo nem volta para o Rio, seguirá em Florianópolis e viaja sábado para encarar o São Paulo, domingo (9), às 16h, no Morumbi, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Depois, o Glorioso terá uma semana livre até a partida contra o Internacional, dias 16, às 18h, no Estádio Nilton Santos.

FICHA TÉCNICA
AVAÍ 1 X 2 BOTAFOGO

Estádio: Ressacada
Data-Hora: 06/10/2022 – 20h
Árbitro: Paulo Cesar Zanovelli da Silva (MG)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Fifa/MG) e Leonardo Henrique Pereira (MG)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (VAR-Fifa/SP)
Renda e público:
Cartões amarelos: Bissoli e Pottker (AVA); Victor Cuesta, Rafael, Marçal e Jeffinho (BOT)
Cartões vermelhos:
Gols: Bissoli 10’/1ºT (1-0), Victor Cuesta 3’/2ºT (1-1) e Tiquinho Soares 11’/2ºT (1-2)

AVAÍ: Vladimir; Kevin, Bressan (Rodrigo Freitas 22’/2ºT), Rafael Vaz (Jean Cleber 33’/2ºT) e Cortez; Mateus Sarará (Jean Pyerre 19’/2ºT), Raniele e Bruno Silva (Lucas Ventura 33’/2ºT); Pottker, Bissoli e Muriqui (Rômulo 19’/2ºT) – Técnico: Lisca.

BOTAFOGO: Gatito Fernández; Rafael, Adryelson, Victor Cuesta e Marçal; Tchê Tchê (Danilo Barbosa 48’/2ºT), Gabriel Pires (Jacob Montes – Intervalo) e Eduardo; Júnior Santos (Victor Sá – Intervalo), Tiquinho Soares (Matheus Nascimento 37’/2ºT) e Jeffinho (Philipe Sampaio 43’/2ºT) – Técnico: Luís Castro.

Confira a classificação atualizada do Brasileirão:

Standings provided by Sofascore

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas