Botafogo avança por contrato definitivo da SAF, que prevê mais R$ 100 milhões imediatos; John Textor deve vir ao Brasil este mês

48 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Botafogo avança por contrato definitivo da SAF, que prevê mais R$ 100 milhões imediatos; John Textor deve vir ao Brasil este mês
Vitor Silva/Botafogo

O Botafogo recebeu o empréstimo-ponte de R$ 50 milhões de John Textor na segunda-feira. E se articula para finalizar o processo da SAF (Sociedade Anônima do Futebol), com contrato definitivo, que prevê o investimento de mais R$ 100 milhões imediatos na assinatura (além de mais R$ 250 milhões, divididos em até 36 meses, seguindo cronograma). De acordo com o repórter Thayuan Leiras, no podcast “GE Botafogo”, a transição está bem avançada, segundo uma pessoa envolvida.

Atualmente, o Botafogo está no processo de repasse de ativos para a nova empresa e estipulou prazo até o dia 28 de fevereiro, segundo o advogado André Chame. Contudo, como tem avanços e poucos pontos pendentes, é possível a assinatura do contrato definitivo ser realizada antes.

Uma das razões é que o Botafogo se estruturou e se organizou bem antes da venda da SAF, apresentando a realidade ao investidor americano.

De acordo com o apresentador Luciano Mello, John Textor afirmou à repórter Renata de Medeiros que deve vir novamente ao Brasil ainda no mês de fevereiro.

O cronograma de investimentos prevê R$ 50 milhões no empréstimo-ponte, R$ 100 milhões na assinatura do contrato definitivo, R$ 100 milhões em até 12 meses, R$ 100 milhões em até 24 meses e R$ 50 milhões em até 36 meses, totalizando R$ 400 milhões.

Fonte: Redação FogãoNET e podcast GE Botafogo

Notícias relacionadas