BOTAFOGO VIRA SOBRE O NÁUTICO, VENCE A QUINTA SEGUIDA E ABRE SEIS PONTOS DE VANTAGEM NO G-4

149 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Rafael Navarro - Botafogo x Náutico
Vitor Silva/Botafogo

Foi difícil, o Botafogo saiu atrás, mas derrotou o Náutico de virada por 3 a 1 neste sábado, no Estádio Nilton Santos, e manteve o embalo na Série B. O Glorioso emendou a quinta vitória seguida – a sétima consecutiva em casa -, subiu momentaneamente para a vice-liderança, com 44 pontos, e abriu seis pontos de vantagem para o Guarani, quinto colocado.

O Botafogo entrou em campo meio sonolento e teve de sofrer o gol para acordar. Aos oito minutos, a defesa deu mole, Vinicius rolou e Jean Carlos, livre na meia-lua, pegou de primeira e acertou o canto de Diego Loureiro, que só olhou: Náutico 1 a 0.

Aí o Botafogo enfim pareceu lembrar de que estavam em jogo três pontos e pressionou muito a equipe de Marcelo Chamusca. Aos 17 minutos, Marco Antônio arriscou de fora e a bola passou rente à trave. Dois minutos depois, Rafael Navarro fez boa jogada individual e acertou o lado de fora da rede.

O Glorioso seguiu em cima do Náutico, que não conseguia respirar. Aos 23, Rafael Navarro recebeu de Marco Antônio e chutou em cima de Alex Alves. Logo depois, Chay fez a jogada pela esquerda e Marco Antônio se jogou de carrinho no segundo pau, mas a bola subiu demais, desperdiçando grande chance.

A equipe alvinegra continuava pressionando e conseguiu empatar somente aos 40 minutos, com uma pitada de sorte também. Luís Oyama – que entrara no lugar de Pedro Castro logo no começo – recebeu de Barreto, arriscou o chute forte, a bola desviou no zagueiro Rafael Ribeiro e “matou” Alex Alves: 1 a 1.

O Botafogo continuou embalado no segundo tempo e conseguiu a virada logo no início, aos cinco minutos. Chay invadiu a área e chutou cruzado, Alex Alves espalmou, mas Rafael Navarro conferiu no rebote para marcar seu oitavo gol na Série B: 2 a 1.

A equipe alvinegra ainda quase ampliou pouco depois, aos 15 minutos, desta vez na bola parada: Carlinhos cobrou escanteio, Barreto cabeceou e Alex Alves fez grande defesa.

Depois, as duas equipes fizeram muitas substituições – grande parte por conta de lesões ou cansaço – e o Náutico tentou atacar mais, deixando a partida mais equilibrada. O Glorioso fez sua parte, esfriou o jogo e fechou a vitória aos 51 minutos, com mais um gol do artilheiro Rafael Navarro, recebendo de Diego Gonçalves: 3 a 1.

Próximos jogos do Botafogo

O Botafogo volta a campo na próxima quinta-feira para visitar o CSA, no Rei Pelé, em Maceió, às 19h. Depois, já com sua torcida de volta, o Glorioso recebe o Sampaio Corrêa, domingo, às 18h15, no Estádio Nilton Santos.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 3 X 1 NÁUTICO

Estádio: Nilton Santos
Data-Hora: 18/09/2021 – 16h30
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (Fifa/SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa/SP) e Gustavo Rodrigues de Oliveira (SP)
VAR: Fabricio Porfirio de Moura (SP)
Renda e público: Portões fechados
Cartões amarelos: Camutanga, Bryan e Djavan (NAU)
Cartões vermelhos:
Gols: Jean Carlos 8’/1ºT (0-1), Luís Oyama 40’/1ºT (1-1), Rafael Navarro 5’/2ºT (2-1) e Rafael Navarro 51’/2ºT (3-1)

BOTAFOGO: Diego Loureiro; Daniel Borges, Kanu, Gilvan (Lucas Mezenga 32’/2ºT) e Carlinhos; Barreto, Pedro Castro (Luís Oyama 14’/1ºT) e Chay (Luiz Henrique 32’/2ºT); Warley (Diego Gonçalves – Intervalo), Rafael Navarro e Marco Antônio (Kayque 36’/2ºT) – Técnico: Luis Fernando Flores.

NÁUTICO: Alex Alves; Hereda, Rafael Ribeiro, Camutanga e Bryan (Jacob Murillo 13’/2ºT); Djavan (Júnior Tavares 13’/2ºT), Trindade (Guilherme Nunes 36’/2ºT) e Jean Carlos; Luiz Henrique (Marciel 27’/2ºT), Iago Dias (Giovanny 27’/2ºT) e Vinicius – Técnico: Marcelo Chamusca.

VÍDEO | Gols e melhores momentos:

Confira a classificação atualizada da Série B:

Standings provided by SofaScore LiveScore

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas