BOTAFOGO LEVA VIRADA DO LÍDER PALMEIRAS EM CASA E INTERROMPE SEQUÊNCIA POSITIVA NO BRASILEIRO

166 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

BOTAFOGO LEVA VIRADA DO LÍDER PALMEIRAS EM CASA E INTERROMPE SEQUÊNCIA POSITIVA NO BRASILEIRO
Vítor Silva/Botafogo

O Botafogo lutou, saiu na frente, mas sentiu os desfalques, levou a virada e foi derrotado pelo líder Palmeiras por 3 a 1 nesta segunda-feira (3), no Estádio Nilton Santos, interrompendo uma sequência de quatro jogos sem perder no Campeonato Brasileiro. O Glorioso mais uma vez contou com o apoio de seu torcedor e fechou a 29ª rodada na décima posição, com 27 pontos.

O Palmeiras começou o jogo tentando sufocar o Botafogo, que não conseguia sair de seu campo de defesa. Aos 15 minutos, Zé Rafael chegou a acertar a trave de Gatito. Porém, o Fogão, em seu primeiro ataque efetivo, conseguiu abrir o placar. Aos 19 minutos, Saravia fez boa jogada pelo lado direito, rolou e Tiquinho Soares chutou de fora da área de primeira no canto de Weverton, que chegou a tocar na bola, mas não evitou o gol: 1 a 0.

A vantagem alvinegra, no entanto, foi por água abaixo depois de um lance infantil menos de cinco minutos depois. Chamado pelo VAR, o árbitro Wilton Pereira Sampaio marcou pênalti de Gabriel Pires, que colocou a bola na mão dentro da área. Gustavo Scarpa foi para a cobrança e deslocou Gatito, empatando em 1 a 1 aos 25 minutos.

A torcida botafoguense não se abateu e o Fogão quase conseguiu fazer o segundo, aos 29 minutos, em belíssima jogada individual de Júnior Santos pelo lado direito. Porém, pelo mesmo lado, o Palmeiras conseguiu a virada. Piquerez fez o que quis com Saravia pela esquerda, chutou para o meio e Mayke completou de carrinho na segunda trave: 2 a 1 para os visitantes.

O Botafogo não voltou bem para o segundo tempo e o Palmeiras dominou as ações. E chegou ao terceiro gol aos 14 minutos. Gabriel Pires foi facilmente desarmado no meio, Rony rolou da direita, Danilo tentou girar e Dudu chegou batendo para o gol dentro da área, sem chances de defesa para Gatito: 3 a 1.

Aí o caldo entornou de vez. É bem verdade que o Palmeiras ficou com um a menos depois que Zé Rafael foi expulso, aos 23 minutos, mas o Botafogo não aproveitou, apesar de o técnico Luís Castro ter sido ousado com muitas mudanças na frente. Quem acabou atacando mais na parte final do jogo foi o Alviverde, aproveitando os espaços deixados pelo Glorioso, que se lançou com tudo para o ataque, em vão.

Próximos jogos do Botafogo

O Botafogo terá agora dois jogos seguidos fora de casa em apenas seis dias. Na próxima quinta-feira (6), o Glorioso visita o Avaí, às 20h, na Ressacada, em Florianópolis, e depois mede forças com o São Paulo, domingo (9), às 16h, no Morumbi.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 1 X 3 PALMEIRAS

Estádio: Nilton Santos
Data-Hora: 03/10/2022 – 20h
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa/GO)
Assistentes: Bruno Raphael Pires (Fifa/GO) e Bruno Boschilia (Fifa/PR)
VAR: Wagner Reway (PB)
Renda e público: R$ 496.271,00 / 15.171 pagantes / 16.545 presentes
Cartões amarelos: Kanu, Tchê Tchê, Hugo, Rafael (BOT); Gustavo Gómez, Zé Rafael, Abel Ferreira (PAL)
Cartões vermelhos: Zé Rafael 23’/2ºT (PAL)
Gols: Tiquinho Soares 19’/1ºT (1-0), Gustavo Scarpa 25’/1ºT (1-1), Mayke 35’/1ºT (1-2), Dudu 14’/2ºT (1-3)

BOTAFOGO: Gatito Fernández; Saravia (Rafael 6’/2ºT), Adryelson, Kanu (Matheus Nascimento 31’/2ºT) e Hugo; Tchê Tchê (Del Piage 31’/2ºT), Gabriel Pires (Gustavo Sauer 16’/2ºT) e Eduardo; Júnior Santos (Victor Sá 16’/2ºT), Tiquinho Soares e Jeffinho – Técnico: Luís Castro.

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Luan e Piquerez (Vanderlan 39’/2ºT); Danilo, Zé Rafael e Gustavo Scarpa (Atuesta 26’/2ºT); Mayke (Kuscevic 32’/2ºT), Rony (Rafael Navarro 26’/2ºT) e Dudu (Gabriel Menino 26’/2ºT) – Técnico: Abel Ferreira.

Classificação do Campeonato Brasileiro:

Standings provided by Sofascore

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas