Botafogo e Vasco de olho: Ferj divulga regulamento e diretrizes para transformação dos clubes em SAF

66 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Prédio da Ferj, Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro
Reprodução/TV Globo

A Federação de Futebol do Rio de Janeiro divulgou nesta terça-feira o regulamento com diretrizes administrativas para os clubes que desejam se transformar em SAF (Sociedade Anônima do Futebol), casos no momento de Botafogo – já em estágio avançado – e Vasco.

Os dois gigantes do estado enquadram-se na segunda modalidade permitida pela Ferj, quando transfere-se somente a parte do futebol para a SAF. Há ainda previstas a primeira modalidade (transformação total do clube em SAF) e a terceira (criação de uma SAF do zero).

No documento, a Ferj determina que os clubes que desejam fazer a mudança devem regularizar quaisquer débitos existentes em nome do clube original – como valores devidos ao TJD, notas de débito de jogos e despesas de borderôs e INSS.

Banner da loja do FogãoNET

Além disso, caso haja dívidas relacionadas a negócios jurídicos envolvendo instituições financeiras, estas deverão ser integralmente quitadas para obtenção da Certidão de Regularidade Financeira, necessária para registrar a SAF como entidade desportiva na Ferj.

Outro ponto abordado no documento é que a mudança do clube social para SAF não impactará no registro de jogadores já regularizados no sistema. Quem já estava apto será transferido para o novo CNPJ do clube SAF, sem impedimento para os jogos posteriores.

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas