Capelo tranquiliza torcida sobre ‘garantia’ em compra do Lyon: ‘Chance de Textor perder o Botafogo parece muito improvável’

43 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Rodrigo Capelo, do SporTV
Reprodução/SporTV

O programa “Redação SporTV” debateu na manhã desta sexta-feira a “garantia” que John Textor deu de seus bens pessoais no empréstimo para a compra do Lyon. Jornalista especializado em negócios no esporte, Rodrigo Capelo explicou a situação, tranquilizando a torcida do Botafogo.

– Deu (como garantia), mas torcedores calma. Tem que entender como o negócio está sendo estruturado. Ele está comprando o Lyon, buscou linha de crédito com parceiro e precisa oferecer garantias para sustentar a operação. São todos os bens pessoais, como a Eagle Football e todos os clubes que fazem parte, como o Crystal Palace, o RWD Molenbeek e o Botafogo, do qual tem 90% da SAF. Buscamos o Textor e documentos públicos. Está comprando o Lyon, pela primeira vez vai comprar sem usar recursos próprios, sem depender totalmente de recursos próprios. Buscou linha de crédito com a Cannae (Holding), que tem como representante Bill Foley, no valor de 523 milhões de euros, que são R$ 2,8 bilhões. A garantia são os próprios clubes. Quem está vendendo o Lyon precisa ter garantias. Ele precisava ter a carta de compromisso da Cannae para participar – contou.

– Não necessariamente vai virar dívida e colocar em risco os bens dele. Existe a possibilidade da Cannae se tornar sócia dele na Eagle Football ou em qualquer um dos clubes. Em vez de devolver o crédito em dinheiro, devolve em participação nos negócios. Diria para o torcedor que o Botafogo é um ativo, faz parte do negócio, mas a chance de o Textor perder o Botafogo porque deu algo errado parece muito improvável – detalhou Rodrigo Capelo.

Investidor da SAF do Botafogo, John Textor chegou ao Rio de Janeiro nesta sexta-feira e vai acompanhar o jogo com o Ceará, sábado, no Estádio Nilton Santos, pelo Campeonato Brasileiro.

Fonte: Redação FogãoNET e SporTV

Notícias relacionadas