CEO JORGE BRAGA DEIXA BOTAFOGO E PROCESSA SAF E JOHN TEXTOR

322 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Jorge Braga, CEO do Botafogo
Reprodução/SporTV/Globoplay

O CEO Jorge Braga está deixando o Botafogo e processando a SAF do clube e John Textor na Justiça, alegando esvaziamento de sua função, falta de autonomia e pagamento de salários, informa o Blog do Lauro Jardim, do “O Globo” nesta sexta-feira (9/9).

De acordo com a coluna, uma decisão da Justiça na última terça-feira liberou o executivo de cumprir o seu contrato, entendendo que ele teve seus poderes diminuídos e, por isso, não tinha mais condições de desempenhar suas funções.

Agora, será na discutida na Justiça a questão sobre os pagamentos que Jorge Braga está cobrando da SAF alvinegra.

Jorge Braga foi contratado logo no início da gestão Durcesio Mello, em março de 2021, e liderou um processo de profissionalização do clube, pavimentando o caminho para que o Botafogo virasse SAF e fosse vendido, na sequência, a John Textor.

Fonte: Redação FogãoNET e Blog do Lauro Jardim (O Globo)

Notícias relacionadas