Coluna: Botafogo sinalizava pagar R$ 9,6 milhões da multa de Daniel Júnior, meia que renovou com Cruzeiro após longa novela

47 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Daniel Júnior, do Cruzeiro
Divulgação/Cruzeiro

O Cruzeiro teve de ceder para renovar o contrato do meia Daniel Júnior por conta do interesse do Botafogo. Segundo a Coluna do Jorge Nicola, no site “Superesportes”, o Glorioso já havia demonstrado a intenção de depositar os R$ 9,6 milhões da multa rescisória para ter o jovem de 20 anos.

Depois de uma novela que durou semanas, Cruzeiro e Daniel Júnior assinaram nesta quinta-feira o novo contrato, até dezembro de 2025. Se o Botafogo fizesse o pagamento da multa antes da renovação, a Raposa ficaria com apenas 50% – R$ 4,8 milhões.

Com o interesse do Alvinegro, o Cruzeiro aumentou o salário do jogador de R$ 6 mil para R$ 60 mil, após as ofertas iniciais atingirem no máximo R$ 25 mil. Além disso, apesar da nova multa rescisória de R$ 120 milhões, há uma cláusula de saída de R$ 20 milhões em caso de propostas de clubes brasileiros.

O percentual dos direitos econômicos de Daniel Júnior também ficou inalterado: 50% para o Cruzeiro e 50% para o Palmeiras. O jogador fez dois gols e deu uma assistências em 17 partidas nesta temporada pela Raposa.

Fonte: Redação FogãoNET e Coluna do Jorge Nicola (Superesportes)

Notícias relacionadas