Comentarista: ‘Botafogo está em ano de formulação, tem que ter paciência. É em 2023 que as coisas vão acontecer’ 

123 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Comentarista: ‘Botafogo está em ano de formulação, tem que ter paciência. É em 2023 que as coisas vão acontecer’ 
Vitor Silva/Botafogo

O Botafogo não consegue engrenar no Campeonato Brasileiro e vem de sequência de dois empates em casa contra Ceará e Atlético-GO. A oscilação é vista como natural compor comentaristas do “SporTV”.

– O Botafogo tem muita gente nova chegando, apostas, desconhecidos, quantos já acompanhávamos? O próprio Philipe Sampaio ninguém tinha ouvido falar, estava na segunda divisão da França. São reforços chegando juntos que atrapalham a montagem. Teve algumas boa chances contra o Atlético-GO, mas o Renan pegou demais, todo jogo faz várias defesas – afirmou Conrado Santana, no “SporTV News”.

– Adryelson entrou bem, foi colocado na fogueira. Me surpreendeu porque o Botafogo com um a menos conseguiu ir para cima, criar oportunidades, equilibrar. Vai muito por escalações diferentes, lesões, jogadores chegando. O Botafogo está no ano de formulação, criação, tem que ter paciência. É em 2023 que as coisas vão acontecer – acrescentou Fabíola Andrade.

Para Conrado Santana, há um trabalho sendo bem iniciado.

– O Botafogo joga até melhor fora. Pode ser por a pressão estar do outro lado, a iniciativa. Você vê boas ideais no Botafogo, do jeito de sair jogando, da organização, mas fazer gol está difícil. O Atlético, apesar de mal no Campeonato Brasileiro, fez boas partidas, além de estar bem nas copas. É ano de reformulação, preparar o campo para ano que vem dar esse pulo. Esse ano garantir permanência na Série A para melhorar ano que vem – completou Conrado.

Fonte: Redação FogãoNET e SporTV

Notícias relacionadas