Daniel Borges vive ‘aprendizado’ em nova posição e mira ajudar: ‘Estamos em um processo de construção bom e importante para o Botafogo’

9 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Daniel Borges, na Botafogo TV
Reprodução/Botafogo TV

Contratado pelo Botafogo em 2021, Daniel Borges manteve a regularidade durante a conquista da Série B e passou a se destacar ainda mais em 2022, com assistências. Além disso, deixou de ser opção apenas para a lateral direita e passou jogar também – e bem – pela esquerda.

Em entrevista ao “Boletim Alvinegro”, da “Botafogo TV”, Daniel Borges celebrou sua fase e projetou o jogo de domingo, contra o Coritiba, no Couto Pereira, pelo Campeonato Brasileiro.

Leia abaixo:

Chegada

– Quando vim ano passado sabia que ia ser um desafio muito grande. Graças a Deus conseguimos passar por esse desafio. Esse ano o desafio é muito maior, Copa do Brasil, Campeonato Brasileiro. Estamos em um processo de construção bom e importante para o Botafogo.

Rápida evolução do time

– É pelo foco e concentração do grupo durante todo período de treinos e jogos. Sabemos a dificuldade do campeonato, temos que estar concentrados ao máximo para assimilar e absorver o que professor nos passa. Se deixar o concentração cair, vamos ter dificuldade. Estar concentrado e focado ajuda muito durante a partida.

Lateral esquerda

– É um processo de aprendizado. A gente tem que estar aberto e com a mente livre para aprender todos os dias. Quando tive essa oportunidade pela esquerda, faço da mesma maneira que pela direita. Procuro aprender, agarrar ao máximo a oportunidade, para ajudar a equipe.

– Hoje o futebol exige que a gente seja versátil. Estamos no dia a dia, sabemos o que o treinador pede para cada atleta, para cada posição, temos que estar preparados para desempenhar da melhor maneira possível. Quem tem a ganhar não só eu, como toda equipe e a comissão técnica, que pode contar comigo.

Nilton Santos

– Tem atletas que chegam ao nível que não tem como comparar com ninguém. Nilton Santos é um ídolo gigantesco no Botafogo, tanto que nosso estádio carrega o nome dele, isso não é para qualquer um. Serve de inspiração não só para mim, para todo mundo, para ter o sonho de ser ídolo de um grande clube.

Duelo com o Coritiba

– Mais um jogo difícil. Ano passado jogamos lá, tivemos exemplo. A situação é diferente, mas a dificuldade vai ser a mesma. Em pontos corridos temos que estar pontuando. Vamos lá para buscar a vitória, mas em campeonato de pontos corridos temos que pontuar para estar no mais alto da tabela.

Veja o vídeo da Botafogo TV:

Fonte: Redação FogãoNET e Botafogo TV

Notícias relacionadas