De olho em Lisca, Botafogo tem reencontro de Rafael Moura com Goiás

33 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

De olho em Lisca, Botafogo tem reencontro de Rafael Moura com Goiás
Vitor Silva/Botafogo

Prestes a entrar em campo contra o Goiás, às 19h, no Estádio Nilton Santos, o Botafogo tenta se movimentar nos bastidores para finalmente contratar um novo treinador. Hoje a demissão de Marcelo Chamusca completa uma semana. Desde a saída do técnico, Ricardo Resende, treinador do sub-20, tem comandado a equipe. Ele estará no banco de reservas contra os esmeraldinos.

Antes dado como descartado, após negar os valores que ele mesmo havia pedido para acertar com o clube, Lisca voltou a ser o plano A do Botafogo. Nesta segunda, representantes do alvinegro se reuniram com o treinador para buscarem avançar na negociação. Lisca pediu para dar uma resposta em definitivo até a próxima quinta-feira. A informação foi dada inicialmente pelo portal ‘Lance’.

O que pesa na demora da decisão do treinador é uma proposta do mundo árabe. Além disso, o Vasco, que anunciou nesta segunda-feira a demissão do técnico Marcelo Cabo, também tem interesse no técnico.

Mesmo que queira bastante contratar Lisca, por ser um nome bem avaliado pelo comitê, pelos torcedores e por se encaixar no valor financeiro que o clube pode pagar, o Bota corre contra o tempo e também tem outros nomes sob o radar.

O confronto entre Botafogo e Goiás também marcará o duelo entre os interinos. Contra Ricardo Resende, estará o auxiliar esmeraldino Gláuber Ramos, que comanda o time goiano depois da demissão de Pintado. Gláuber, que também esteve a frente do clube no fim da última temporada, deve comandar o Goiás nos próximos dois jogos.

Reencontro com Rafael Moura

O jogo dessa noite também marcará o reencontro do atacante Rafael Moura com seu ex-clube, onde estava antes de chegar ao Botafogo. Na última temporada, He-man entrou em campo 41 vezes pelo Goiás, e marcou 12 vezes. Ao todo, o atacante soma 51 gols nos mais de 100 jogos que teve nas duas passagens que teve pelo clube — a primeira foi em 2010. He-man também viveu momentos de bastante emoção no Goiás, como quando sua mãe faleceu ano passado, e um dia depois ele foi à campo tentar ajudar o esmeraldino à evitar a queda para a série B.

No Bota, Rafael Moura ainda não balançou as redes. Contratado com expectativa de ser titular, o camisa 9 tem visto seu xará, Rafael Navarro, despontar. Além disso, Moura vem sendo criticado pelos torcedores por gols perdidos e pela condição física. Contra o Brusque, o atacante perdeu uma chance clara de cabeça que poderia evitar a derrota alvinegra.

O confronto

Para a partida desta noite, o Botafogo terá Gilvan de volta ao time titular. O zagueiro cumpriu suspensão pelo terceiro cartão amarelo na última rodada. Por outro lado, o lateral esquerdo Guilherme Santos segue fora. Guilherme já havia ficado de fora da viagem para Santa Catarina, após ser liberado para resolver pendências pessoais.

Vivendo o incômodo jejum de quatro jogos sem vencer, o Bota espera repetir o bom desempenho dentro de casa para retomar o caminho das vitórias e buscar a confiança para engrenar na série B.

Fonte: O Globo Online

Notícias relacionadas