Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Decisões de venda no Botafogo são tomadas por ‘colegiado’ formado por presidente, vice, CEO e Freeland

58 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Eduardo Freeland, Vinicius Assumpção e CEO Jorge Braga - Botafogo
Reprodução/Botafogo TV

Quem decide pela venda dos jogadores? A decisão final não é de X ou Y? Essas foram perguntas comuns na internet no que diz respeito ao Botafogo nesta segunda-feira. Por conta da volta do interesse do Internacional em contratar Paulo Victor, lateral do Alvinegro, tais questões foram levantadas.

Decisões sobre transferências são feitas por quatro pessoas, que acabam formando um “colegiado” neste sentido: Durcesio Mello, presidente do clube, Vinícius Assumpção, vice-presidente, Jorge Braga, CEO, e Eduardo Freeland, diretor de futebol.

Os quatro se reúnem, apresentam pontos e nenhuma grande decisão é tomada sem que haja o consentimento de todos. Vale ressaltar que tudo também é acompanhado pelo Footure, que faz uma consultoria externa ao Botafogo, mas a empresa não tem “dedo” ou se mete nas decisões do clube.

Banner de produtos com frete grátis na loja do FogãoNET: carteira, bolsa de academia e máscaras

O LANCE! publicou que ainda há uma divisão quanto a possível venda de Paulo Victor. Enquanto uma parte acha melhor vender o lateral agora por conta da dramática situação financeira, outra acha melhor esperar o mercado externo ou, até mesmo, uma maior valorização com o jogador ficando por mais tempo.

Ainda não há nenhuma decisão tomada. Os envolvidos se reuniram nesta segunda-feira para debater as opções e apresentar os pontos da negociação. É possível que haja atualizações nos próximos dias.

Fonte: Terra

Notícias relacionadas
Comentários