Diego Loureiro exalta ‘mudança de atitude’ do Botafogo e planeja continuar por muito tempo: ‘Tenho bastante carinho’

46 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Diego Loureiro exalta ‘mudança de atitude’ do Botafogo e planeja continuar por muito tempo: ‘Tenho bastante carinho’
Vitor Silva/Botafogo

Diego Loureiro começou 2021 como titular do Botafogo, perdeu espaço na chegada de Douglas Borges e recuperou a posição durante a Série B. O jovem goleiro se firmou durante a temporada, teve atuações boas – apesar de oscilações – e se mostrou importante como um dos líderes do elenco.

Em entrevista ao programa “Os Donos da Bola”, da “Band”, nesta segunda-feira, Diego celebrou o ano e falou de diversos assuntos.

Leia abaixo:

2021

– Foi um ano bom para todos aqui: poder vivenciar tudo que vivenciamos e colocar o Botafogo lugar que merece. Foi uma briga do início ao fim. Estou muito feliz com tudo que está acontecendo.

Jogo contra o Guarani

– Tem que continuar trabalhando, o campeonato não acabou. Lógico que a pressão é diferente. Três pontos são três pontos, competição é competição, temos que entrar para ganhar todos os jogos.

Aprendizado com Gatito

– Treinar com o Gatito é sempre importante para qualquer atleta, pelo nível dele, experiência, goleiro de seleção, nos faz crescer. Ele sempre tem conversado comigo como é possível melhorar. Fico muito feliz em trabalhar com ele todos os dias.

Disputa de posição

– Eu e Gatito temos amizade extracampo muito importante, assim como o Douglas. Não temos vaidade de quem joga ou não. Quando precisei ele me mandou mensagem em momentos difíceis. É um cara muito importante para o clube, confiamos nele. Espero que em breve possa nos ajudar em campo, porque sabemos a importância dele.

Reação

– Não foi só a mudança do treinador, mas também a mudança de atitude. Tivemos reuniões, falamos que tínhamos que mudar, porque o jeito que estávamos levando as coisas não ia dar certo. Enderson (Moreira) chegou e pôde nos ajudar, com o jeito dele de trabalho, o grupo abraçou bastante. Isso foi um fator determinante.

Vida longa no Botafogo

– Tenho contrato com o Botafogo até 2024, espero concluir aqui e espero renovar se for da vontade da diretoria mais à frente. É um clube que tenho muito carinho, me abriu as portas para o mercado nacional e sempre acreditou em mim. Tenho muito carinho, faço o meu melhor todo dia, fico feliz por participar dessa reconstrução e espero que o Botafogo esteja o mais rápido possível no lugar que merece, que é disputando coisas grandes.

Fonte: Redação FogãoNET e Os Donos da Bola (Band)

Notícias relacionadas