Diretor da Parimatch no Brasil explica opção pelo Botafogo e exalta jornalista: ‘Daniel Braune foi um dos fatores decisivos’

41 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Diretor da Parimatch no Brasil explica opção pelo Botafogo e exalta jornalista: ‘Daniel Braune foi um dos fatores decisivos’
Wallace Teixeira

Diretor da Parimatch no Brasil, Willian Bernardino contou, na tarde desta quarta-feira (18/1), no programa “Anulados”, da Rádio Transamérica, como a empresa chegou ao Botafogo. Ele próprio participou de boa parte do processo, revelou que havia outros clubes no radar e surpreendeu ao colocar os influenciadores alvinegros como parte crucial na decisão.

O principal deles, no caso, foi Daniel Braune, do canal “BrauneFogo”, que produz conteúdo para o TikTok, Instagram e YouTube.

Quero falar como foi essa escolha do Botafogo como o time que a Parimatch entrou para patrocinar no Brasil. É uma empresa muito grande no exterior, muito consolidada, querendo entrar no mercado brasileiro. Me contratou para cuidar do marketing no Brasil, foi muito legal. Em uma das minhas primeiras entrevistas no processo seletivo, me perguntaram quais times escolheria para patrocinar se tivesse a oportunidade no Brasil na Série A. De pronto, vieram alguns times, o Botafogo era um deles, da lista de oito – contou.

No fim do processo seletivo, no meu primeiro dia de trabalho, me perguntaram qual time eu escolhia. Tinham conversas avançadas com alguns times, já sabendo de preço, e entendiam que era uma responsabilidade grande. São valores, empresas, pessoas que trabalham e dependem disso para viverem suas vidas. Cheguei com três times com potencial muito bom, entre eles o Botafogo. Claro que com Botafogo agora com a estrutura do John Textor, da SAF, com a seriedade, era um dos meus preferidos. Mas eu estava bem dividido – admitiu.

No fim das contas, a escolha foi pelo Botafogo, no maior patrocínio da história do clube.

Baseado nisso, passei a seguir todos os influenciadores desses times. O Botafogo me chamou atenção porque tem um grupo de influenciadores muito bom. Por exemplo, o Felipe Neto que investiu do próprio bolso pelo amor que tem pelo Botafogo, o Pedro Certezas que fala o que vem na cabeça, o Rafael Queiroga, o Roby Porto que é uma das vozes mais respeitadas do esporte nacional e a empresta ao Botafogo, o Marcelo Adnet botafoguense roxo… Baseado nisso, assistindo a todos e vendo projeções de futuro, cheguei em um que foi o que realmente tocou meu coração e me fez entender o que é ser Botafogo. Foi o Daniel Braune, quem não conhece siga porque o cara realmente é muito bom, um jornalista que faz conteúdo para TikTok e Instagram. O Botafogo tinha perdido uma partida, ele fez o comentário do jogo e eu percebi nele a mesma coisa que meu pai me falou após uma derrota do Corinthians, que foi “calma, sempre vai ter o amanhã, sempre vai ter o próximo jogo”. Isso me lembrou o fato mais bonito que é o torcedor, essa vivência, esse amor de pai e filho. Se me perguntarem o fator decisivo, o Braune com certeza foi um deles, assim como todos os outros e os números excelentes que o Botafogo tem apresentado. Obrigado a todos vocês, obrigado Braune e obrigado ao Botafogo – completou Willian Bernardino.

Veja o vídeo:

Fonte: Redação FogãoNET e Rádio Transamérica

Notícias relacionadas