Falas e tuitadas de John Textor geram discussão em programa: ajuda ou atrapalha o Botafogo?

126 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

John Textor, investidor da SAF do Botafogo
Reprodução/TV Globo

Acionista do Botafogo, John Textor interagiu no Twitter nesta quinta-feira numa postagem que brincava sobre Neymar no Glorioso: “Por que não?”. Horas depois, o Alvinegro levaria 3 a 0 do América-MG, pela Copa do Brasil. Os sonhos e as declarações do empresário norte-americano geraram discussão no programa “Seleção SporTV”.

Para Paulo Vinícius Coelho, a brincadeira de Textor sobre Neymar atrapalha mais do que ajuda. Para o comentarista, é preciso foco nos reais problemas do clube.

– O Textor ontem foi no Twitter brincar sobre o Neymar e na minha opinião isso atrapalha. A alegria do Botafogo não pode ser contratar Kalou ou Honda. A alegria tem que ser campeão em 2024. Quando o Textor entra nessa onda, não ajuda a colocar os pés no chão. Quando fala de estádio, dá uma noção de grandiosidade, quando a realidade é construir e equipar o CT – afirmou PVC.

O comentarista Sérgio Xavier Filho discordou do colega e disse que as falas de John Textor sobre contratar grandes astros fazem parte de uma estratégia.

– O estágio hoje é de um time que está brigando para permanecer na Série A. Faz sentido o Textor dar uma agitada, tentar injetar confiança, desde que ele segure o rojão. Ele vai segurar o Luís Castro? Se entrar na pilha de o Botafogo disputar algo grande, e o torcedor pressionar e ele entregar a cabeça do Luís Castro, aí não valeu nada. Tem que agitar e mostrar que o Botafogo ficou grande – disse Xavier Filho.

PVC fez uma outra observação depois.

– Tem um aspecto positivo: o Botafogo voltou a ser notícia. Passamos anos aqui sem debater o Botafogo – admitiu PVC.

Fonte: Redação FogãoNET e SporTV

Notícias relacionadas