Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Goiás supera concorrência de Botafogo, Vasco, Bahia, Fluminense, Fortaleza e Sport e se aproxima de Alef Manga

63 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Alef Manga | Volta Redonda
André Moreira/Volta Redonda FC

Na noite da última quinta-feira, a torcida esmeraldina se animou com a notícia sobre um possível acerto do Goiás com o centroavante Alef Manga, que tem 13 jogos e 12 gols marcados neste começo de ano pelo Volta Redonda. Diante disto, o Verdão conseguiu superar uma concorrência de times da Série A e B pelo atleta da equipe carioca.

Para superar a concorrência de equipes como Botafogo e Vasco que estão na Série B e do Fluminense, Bahia, Fortaleza e Sport de times que estão na elite do futebol brasileiro, a diretoria do Goiás conseguiu entrar em acordo nos bastidores com o empresário Marlei Feliciano e oferecer um salário perto do teto para o atacante.

No primeiro momento, o acerto do Goiás com o Alef Manga foi noticiado pelo jornalista André Isac, no programa PUC TV Esportes, que trouxe o acordo está feito e selado e já visando a disputa da Série B do Brasileirão, que está programado para acontecer no final do mês de maio.

Vale ressaltar, que os demais clubes interessados não chegaram a fazer nenhuma proposta ou algo de concreto. No entanto, a maioria foram sondagens e consultas pela situação de Alef Manga.

A ideia do atleta será fechar com o Goiás para a disputa da Série B, a informação partiu direto do jornalista André Isac, que cobre os clubes do Estado de Goiania, na PUC TV Goiás, canal local. O atleta está fechado com o clube esmeraldino e há um acordo entre as partes para que o jogador disputa a Série B do Campeonato Brasileiro.

De acordo com o cenário trabalhado, o atleta deverá ser anunciado e apresentado no Goiás após o término dos Estaduais para o Volta Redonda. No primeiro momento, o empresário Marlei Feliciano e o Volta Redonda despistam qualquer possível acordo entre as partes.

Fonte: esmaraldino.com

Notícias relacionadas
Comentários