Gol anulado de Erison pelo VAR em Botafogo x Fortaleza é questionado por Loffredo: ‘Não pode ficar ficar marcando impedimento de unha’

95 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Gol anulado de Erison pelo VAR em Botafogo x Fortaleza é questionado por Loffredo: ‘Não pode ficar ficar marcando impedimento de unha’
Reprodução/Premiere

O comentarista André Loffredo questionou mais uma vez o uso do VAR no futebol brasileiro, desta vez por ter anulado o gol de Erison, aos 10 minutos do segundo tempo, na vitória do Botafogo sobre o Fortaleza por 3 a 1, quando a partida ainda estava empatada. O lance foi assinalado em campo e o impedimento foi confirmado pelo árbitro de vídeo. Na rodada passada, houve muita reclamação sobre o gol anulado – de maneira correta – de Gabriel, do Flamengo, contra o próprio Botafogo.

Foi aquele impedimento de milímetros. Não pode ficar passando essas linhas para marcar impedimento de unha. Não pode, isso não beneficia o futebol. Não podemos marcar impedimento de fio de cabelo, não pode anular o gol porque ventou e o cabelo do cara está na frente. Não pode ser assim. Se não dá para perceber na imagem, vale o que for decidido em campo. Nem a máquina nos dá segurança. É ângulo, tem que estar calibradíssimo, é a linha, é o frame… Os caras ficam três minutos para estragar o que as pessoas foram assistir – reclamou Loffredo, no “SporTV News”.

O comentarista também questionou a demora para validar o gol do Fortaleza, marcado no primeiro tempo por Moisés.

– O lance do gol do Fortaleza foi verificado três vezes e nenhum deles estava próximo de um impedimento. E ainda foi marcando no campo. Qual foi o trabalho do assistente? Estragar a comemoração do Fortaleza. Ele está ali para isso, por que o impedimento não seria verificado? Já que todos os gols serão verificados, porque que eles tem que levantar a bandeira? Foram três minutos e meio de jogo parado – observou Loffredo.

Fonte: Redação FogãoNET e SporTV

Notícias relacionadas