Joel Santana ‘estranha’ escolha de Rafael pelo Botafogo ‘pelo coração’ e questiona polivalência

165 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Joel Santana, ex-técnico do Botafogo
Reprodução/YouTube

Grande reforço do Botafogo para a temporada, Rafael chegou esta semana, foi apresentado oficialmente e já começou a treinar. Com carreira construída na Europa, o jogador chega com bagagem e experiência para ajudar. Entretanto, terá que conviver com desconfiança de alguns.

Um caso é o de Joel Santana. Em seu canal no “YouTube”, ele revelou surpresa com o retorno de Rafael ao Brasil aos 30 anos.

– Esses rapazes, gêmeos (Rafael e Fábio), despontaram bem, tanto que foram vendidos para a Europa. Para surpresa minha, um voltou novo. Não sei se foi para ganhar mais cancha e voltar aà Europa depois ou por falta de capacidade técnica. Tinham aval como de futuro muito grande no Fluminense – disse Joel, que estranhou Rafael escolher o Botafogo pelo coração.

Esse negócio de sonho infância… O cara tem que ser profissional. Não é possível que um clube ofereceu três vezes mais e o cara querer ficar no outro local. Existe o profissionalismo, mas se achou que o coração ficou mais forte é diferente. Deve estar com muita bala na agulha. É problema de cada um, eu não sei explicar. Tenho um contrato pra ganhar três vezes mais e renuncio por que o coração falou mais forte? Isso está mal explicado. Mas acho que foi uma boa contratação do Botafogo, jogador promissor, com escola e história, tem tudo para chegar bem no Botafogo. Vamos esperar a chegada, porque essa história não está bem contada, aí de perto vamos poder avaliar melhor – acrescentou o ex-treinador alvinegro.

Outro questionamento de Joel foi sobre a polivalência de Rafael, que pode atuar como lateral, volante ou ponta. Para o técnico, que no Botafogo usou Somália nas duas laterais, de volante e até de camisa 10, o reforço primeiro tem que se firmar na direita.

– Está com muita exigência e escolhendo muita posição. Negócio de jogar em um monte de posição qual a definição? Eu entendo e a história do futebol me contou. Garrincha era ponta, não o lembro de centroavante ou meia. Vi o Zico começar e ficou na mesma posição, meia ponta-de-lança. Nunca o vi jogar de centroavante ou pelas pontas. A mesma história com Roberto Dinamite, Jairzinho, PC Caju. Para jogar em três ou quatro posições tem que ser um monstro sagrado. Deixa começar na lateral direita, depois vemos se pode mesmo mudar de posição. Quero ver para crer o que vai acontecer – completou.

Elogios ao Botafogo

Já em relação à campanha do Botafogo na Série B, Joel foi só elogios, principalmente pela goleada por 4 a 0 sobre o Londrina.

– O Botafogo entrou que nem um trator, triturou o Londrina. É um candidato a voltar à Série A. Acertou na troca de técnico, saiu de um técnico nervoso e brigão, o Chamusca, e botou um técnico mais calmo, que chegou como quem não queria nada, fez uma mexida ou outra, o time foi se encaixando e está com postura de que quer voltar. É muito importante para o futebol brasileiro, porque o Botafogo é uma equipe que sempre cedeu muitos jogadores para a Seleção Brasileira. Parece que o Botafogo vai chegar, porque está vindo ganhando vários jogos com supremacia, mostrando futebol simples e objetivo, equipe bem desenhada e a defesa se firmou – finalizou.

Veja o vídeo:

Fonte: Redação FogãoNET e Canal do Joel

Notícias relacionadas