John Textor justifica demissão de Enderson: ‘Qual era a identidade? Quero que exista um estilo Botafogo’

247 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

John Textor justifica demissão de Enderson: ‘Qual era a identidade? Quero que exista um estilo Botafogo’
Vitor Silva/Botafogo

Por que Enderson Moreira foi demitido do Botafogo se foi campeão da Série B e teve apenas quatro derrotas em 31 jogos? A resposta veio do empresário americano John Textor, à coluna “Negócios do Esporte”, do jornalista Rodrigo Capelo, no “GE”.

Textor, que assiste a 250 jogos por ano, tem uma ideia clara do que quer ver em campo. E a forma de atuar da equipe com Enderson não o animou, apesar de gratidão pelo trabalho e pelo retorno à Série A.

Qual foi o nosso estilo de jogo? As responsabilidades dos jogadores… Estava claro o que eles tentavam fazer? Qual era a identidade? Você pode falhar no que está tentando fazer, mas você pode ver o que está sendo tentado. E eu tive dificuldade de ver o estilo Botafogo – disse John Textor.

Banner de produtos com frete grátis na loja do FogãoNET: bolsas de academia e mochila do Botafogo

The Botafogo Way

O investidor alvinegro pretende que seja criado o “The Botafogo Way“, um estilo de jogo com zagueiros habilidosos e que saibam sair jogando, com velocidade nas laterais e posse de bola como prioridade.

Quero que fique claro daqui a três ou cinco anos que existe um estilo Botafogo. Quero que as pessoas nos vejam jogar da base até o profissional e reconheçam o que nós estamos tentando fazer – completou.

Fonte: Redação FogãoNET e Negócios do Esporte - GE

Notícias relacionadas