Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Justiça nega pedido de Botafogo e Vasco por retorno ao Ato Trabalhista

58 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Sede de General Severiano - Posse de Durcesio Mello no Botafogo
Vitor Silva/Botafogo

Não foi desta vez que Botafogo e Vasco retornaram ao Ato Trabalhista, que organiza em fila dívidas trabalhistas do clube. O pedido de reconsideração foi negado nesta quarta-feira pelo desembargador corregedor Jorge Fernando Gonçalves da Fonte, do Tribunal Regional do Trabalho da Primeira Região (TRT-1). A informação é do site “Esporte News Mundo”.

– “Mantenho, contudo, a decisão agravada de cancelamento do Plano, que foi devidamente fundamentada – fundamentou o desembargador corregedor.

Sem o Ato, o Botafogo tem cerca de R$ 100 milhões em dívidas trabalhistas podem voltar a executadas individualmente de maneira imediata. Em situação parecida, o Vasco tem o mesmo valor descoberto.

O Botafogo ainda tentará retornar ao Ato Trabalhista, assim como o Vasco. Um pedido de efeito suspensivo contra a suspensão de seus Planos Especiais de Pagamentos Trabalhistas ainda não foi julgado, o que deve ocorrer até o fim da semana.

Fonte: Redação FogãoNET e Esporte News Mundo

Notícias relacionadas
Comentários