Kanu recorda derrota em Brusque e celebra volta com Botafogo à Série A: ‘Fui muito forte, queria tirar esse peso’

22 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Kanu, zagueiro do Botafogo
Reprodução/TV Globo

Líder no vestiário apesar de ter apenas 24 anos, o zagueiro Kanu contou ter tirado um peso das costas com o acesso do Botafogo à Série A do Campeonato Brasileiro, que veio com título antecipado da Série B. Em longa entrevista ao “GE”, o camisa 2 se disse completamente realizado.

– Modéstia à parte, acho que fui muito forte. Porque sempre coloquei esse peso em mim, o peso do rebaixamento. E queria tirar isso de mim. Sonhei muito com isso. E foi o dia mais feliz da minha vida. O estádio cheio, aquela alegria. Foi o dia mais marcante da minha carreira. Agradeço a todos que me ajudaram a viver esse momento. Hoje, me sinto completamente realizado por estar com o Botafogo de volta à Série A – afirmou.

Kanu citou a derrota sofrida de virada para o Brusque, ainda no primeiro turno, no Estádio Augusto Bauer, como uma lembrança importante da dura caminhada do Botafogo na Série B. Aquele jogo foi o primeiro após a demissão de Marcelo Chamusca e seria o penúltimo antes da chegada de Enderson Moreira.

– Eu vou lembrar muito do jogo contra o Brusque, porque foi uma das piores sensações que eu senti na minha vida. Eu gosto de me posicionar, mas não tinha forças. Cheguei a comentar com o Freeland: “É, acho que não tem jeito”. E ele tentou animar, disse que não poderia ser assim. Ficamos todos anestesiados. Depois, com a chegada do Enderson, a gente reviveu para viver esse roteiro perfeito. Glórias, grupo unido, torcida toda animada. É um roteiro perfeito mesmo – contou o zagueiro.

– Foi maravilhoso e inesperado. A gente não começou tão bem, mas a energia bateu, encaixou. Tenho orgulho de dizer que faço parte desse elenco, que vai ficar marcado na história do Botafogo. Nem nos melhores sonhos eu poderia imaginar isso. Agradeço a Deus por viver esse momento. E agora posso aproveitar um pouquinho, porque foi pesado – concluiu.

Fonte: Redação FogãoNET e GE

Notícias relacionadas