Luís Castro justifica opção por manter Diego Loureiro no gol do Botafogo: Gatito ainda não está 100%

68 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Gatito Fernández em Atlético-GO x Botafogo | Campeonato Brasileiro 2022
Reprodução/SporTV

O técnico Luís Castro explicou a opção por deixar Gatito Fernández no banco e manter Diego Loureiro como titular do Botafogo para o duelo deste domingo diante do Atlético-GO, em Goiânia, pelo Campeonato Brasileiro.

Segundo o repórter Guido Nunes, do SporTV, o português explicou que Gatito ainda não está 100% após se recuperar das dores no joelho que o tiraram dos dois jogos anteriores. Além disso, como Diego Loureiro teve boas atuações, não há pressa para o paraguaio voltar a ser titular.

Ainda de acordo com o repórter, Luís Castro optou por manter a defesa dos dois últimos jogos, com Diego Loureiro, Saravia, Kanu, Philipe Sampaio e Daniel Borges improvisado na esquerda.

O Botafogo terá quatro mudanças em relação ao jogo contra o Ceilândia: Luís Oyama, Lucas Fernandes, Lucas Piazon e Erison entram para as saídas de Barreto, Del Piage, Patrick de Paula e Matheus Nascimento.

Fonte: Redação FogãoNET e SporTV

Notícias relacionadas