‘Luís Castro vive um de seus melhores momentos no Botafogo’, aponta comentarista

23 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

‘Luís Castro vive um de seus melhores momentos no Botafogo’, aponta comentarista
Vitor Silva/Botafogo

Com quase um ano de trabalho à frente do Botafogo, Luís Castro vive um de seus melhores momentos no clube neste início de temporada 2023. Esta é a opinião do comentarista Rodrigo Coutinho, do “BandSports”. Ele lembrou, após a goleada do Glorioso sobre o Boavista por 4 a 0 no último domingo (5/2), que o treinador português superou diversas adversidades.

Dá para dizer é uma das melhores fases, junto com o período do segundo turno do Brasileirão, quando encaixou sequência de vitórias, quase chegou à Libertadores, foi um momento que conseguiu reagir. A passagem do Luís Castro pelo Botafogo não dá para analisar sem o contexto. Ele chega tendo que conhecer futebol brasileiro e realidade do nosso campeonato, demorou um pouco a entender, mas é natural. Recebeu 21 jogadores ao mesmo tempo, como montar um conjunto com jogo quarta e domingo? Nada melhor que nova temporada, início de ano, poder treinar, com jogos de nível menor exigência, treinar jogando. Não é um nível mais difícil, fica com a bola, encaixa movimentações. Jogos como esse (goleada por 4 a 0 sobre o Boavista) são importantes também para o time se desenvolver. Dá para dizer sim que é o melhor momento, junto com o meio do segundo turno – frisou Rodrigo Coutinho.

O fato de ser Campeonato Carioca não tira o mérito do Botafogo, na visão do comentarista.

– Tem que analisar friamente. Não podemos contar mentira. Se tem campeonato estadual que, não é o mesmo nível, mas chega perto das Séries A e B, é o Campeonato Paulista, até pelo potencial de investimento dos times menores. Não é o caso de dizer que o Botafogo enfiou 4 a 0 porque é o Boavista, porque esse mesmo Boavista perdeu de apenas 1 a 0 para o Flamengo. Nem tanto ao céu nem tanto à terra. A partir do momento que ocupa bem espaços, faz movimentação, tem um padrão do treinador, é algo positivo, que temos que elogiar. Mas fazendo a ressalva, observando isso jogo a jogo, contra times pequenos, médios e grandes. É bom ter calma com isso. Mas algo de positivo tem sim – concluiu.

Fonte: Redação FogãoNET e BandSports

Notícias relacionadas