Mais um passo para o ‘Botafogo Way’: clube apresenta coordenador metodológico português

35 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

João Costa, André Mazzuco e Tiano Gomes no Botafogo
Vitor Silva/Botafogo

O Botafogo tem um novo coordenador metodológico. É o português João Costa, que já iniciou atividades no clube e está sendo peça fundamental na integração entre as categorias, como contou o diretor de futebol André Mazzuco, nesta segunda-feira.

– Queria apresentar o João Paulo (Costa), que vem reforçar nossa equipe, já está conosco há um tempo, vai fazer coordenação metodológica junto com Luís (Castro), com Tiano (Gomes, diretor da base) e comigo. Dentro desse processo de academia, de implantação do Botafogo Way, são peças fundamentais para começarmos o processo de implementação e de integração. É uma iniciativa bacana do departamento, que vamos perpetuar. É só o início de um processo de construção. Temos a grande vantagem de ter o João, que vai ajudar muito nesse processo, que envolve a ideia do John (Textor), do Luís e o Botafogo, toda sua história, para criar identidade para o clube. Estamos no processo de fomentar esse tipo de discussão, para colhermos frutos de uma identidade do Botafogo no médio prazo. A ideia é consolidar conceitos e mentalidade para criar identidade – explicou Mazzuco, em entrevista coletiva.

Professor, João Costa falou sobre suas novas atribuições e o que representa estar no Botafogo.

– É um desafio colocado pelo mister Luís Castro, aceitamos prontamente. Pelo que é o reconhecimento dele enquanto pessoa, suas competências e seus valores. Gosto muito de trabalhar assim. Há a expectativa de vitórias rápidas, em termos de organização e intervenção, e começamos a ver modificações com benefícios para o processo. Nosso objetivo é uniformizar. A abertura das portas da equipe profissional vai facilitar esse processo. Não vai existir uma ideia diferente, vamos funcionar segundo a ideia do mister Luís Castro, com o desafio que foi feito pelo John Textor a todo grupo. A exigência será em todos nós, o treinador está sempre exposto, nós também. Vamos exigir trabalhar a 100%, menos de tudo é nada. O jogador vai saber que tem que estar a 100% – detalhou João Costa, que planeja novos treinos integrados entre as categorias.

– Nossa intenção é ter um conjunto de atividades, sazonal, periodicamente, não pontual. Esse é o primeiro momento de um projeto a desenvolver. Temos outros agendados. Vamos trabalhar com toda estrutura momentos específicos de preparação de goleiros, de media training para jogadores e treinadores, vamos agregar diferentes profissionais da fisiologia e da análise de desempenho. Em um segundo momento haverá outros grupos. Trabalhamos com homens, mulheres, seres humanos, é importante agregarmos todo nosso conhecimento. Cada um de nós perceber o que pode contribuir para a função do outro – disse.

Gerente da base, Tiano Gomes deu as boas-vindas e também comentou sua expectativa.

– Temos a chegada de um excelente profissional (João Costa), fazendo diagnóstico e tendo a verticalização junto com Luís Castro e o futebol profissional. O que já trabalhávamos está sendo agregado por uma pessoa excelente, um professor, que vai agregar para nós como pessoas e profissionais. Tenho certeza que o Botafogo Way e essa verticalização, de integração com o futebol profissional, está nos aproximando cada vez mais. Nossa estrutura não é do dia para a noite, mas pequenas vitórias estão acontecendo. Quando tivermos a infraestrutura pronta vamos estar muito mais qualificados e organizados para aproveitar esse novo Botafogo – finalizou Tiano.

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas