Matheus Frizzo recorda ‘dia mágico’ do acesso do Botafogo e pede foco no Guarani antes de festa

16 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Matheus Frizzo recorda ‘dia mágico’ do acesso do Botafogo e pede foco no Guarani antes de festa
Vitor Silva/Botafogo

Titular do Botafogo em parte da temporada, Matheus Frizzo perdeu espaço em parte da campanha na Série B e voltou a ser mais utilizado na reta final. Foi assim que apareceu com destaque na assistência para Rafael Navarro, no gol do acesso, na vitória por 2 a 1 sobre o Operário. Ele recordou a partida.

– Assim que eu entrei saiu o primeiro gol e, pela energia que a gente estava, o time não se desorganizou. Mesmo com o gol, a gente continuou da mesma maneira. Era questão de tempo, ia acontecer. Acabou acontecendo. Foi de um jeito muito especial e eu dei a assistência para o Navarro. Foi um dia mágico – afirmou Frizzo, ao site “GE”.

– Foi um dia inesquecível. Durante o ano, foi disparado o maior público que a gente teve. Ver o estádio lotado, a energia da torcida foi um negócio sensacional. A gente acabou tomando o gol do Operário, ficamos sem saber como reagiria a torcida, mas eles começaram a gritar mais, empurrar a equipe. Aí a gente falou: ”vamos nessa que vai dar certo” – acrescentou.

O volante comemora o fato de o jogo contra o Guarani neste domingo ter expectativa de casa cheia. Mas pede ao time foco na partida antes de festejar.

– A expectativa é grande para o jogo com Guarani. O estádio vai lotar ainda mais. Mas a festa é para a torcida. Dentro de campo, a gente tem que trabalhar, fazer o nosso e honrar essa camisa. Diante do nosso torcedor, a gente não pode fazer feio. Com certeza a gente vai dar ao máximo para conquistar um grande resultado, e aí sim a gente vai comemorar com eles – completou.

Fonte: Redação FogãoNET e GE

Notícias relacionadas