PC Oliveira discorda de pênalti em Internacional x Botafogo, mas diz entender expulsão de Philipe Sampaio: ‘Se marcou, tinha sim que expulsar’

70 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Central do Apito analisa Internacional 2 x 3 Botafogo
Reprodução/SporTV

A Central do Apito, no “Seleção SporTV”, analisou o inexistente pênalti marcado para o Internacional na derrota por 3 a 2 para o Botafogo, lance que ainda gerou a expulsão de Philipe Sampaio. Os comentaristas foram unânimes em apontar erro de Sávio Pereira Sampaio em dar a penalidade máxima, mas houve uma discordância sobre o cartão vermelho.

Fernanda Colombo acredita que o árbitro errou em tudo.

– Para mim não foi pênalti nesse lance. O bloqueio da bola é com a barriga. Tem um braço em posição natural, bate depois nele. Não tem outro movimento buscando a bola. E para mim o cartão vermelho foi equivocado. Porque a bola estava em direção ao gol, mas o bloqueio é na barriga. Depois vai para o lado, não é mais oportunidade clara. Se entendesse como pênalti, não era lance de cartão vermelho. Para mim, nem pênalti nem cartão vermelho – disse Fernando Colombo.

Paulo Cesar de Oliveira, contudo, foi na contramão.

– Tenho entendimento diferente. Ele está analisando como um todo. Entende que Philipe Sampaio naquela ação tem um leve desvio e contato com a bola, é como se fosse uma única ação de bloqueio impedindo a passagem. Eu acho que é um desvio muito curto, o árbitro está analisando toda a ação, e eu entendo. Se entendeu como pênalti, o que discordo, ele teria sim que expulsar – afirmou PC Oliveira.

Sandro Meira Ricci não concordou com essa interpretação.

– Tudo depende muito da situação em que o defensor se encontra. Se está em ação clara de bloqueio, se joga, o braço abre, é situação diferente dessa. Está ocupando o espaço, bloqueia com a barriga. Depois a bola não ia no gol. O maior erro foi ter interpretado como oportunidade de clara. Quem garante que essa bola ia entrar? Não tinha como garantir – comentou Sandro.

– Temos duas situações. O árbitro e o VAR eram Fifa, estão na elite, entenderam da mesma forma. Só posso acreditar que esse pênalti foi marcado pelo motivo que o PC explicou, que, mesmo tendo tocado na barriga, ao tocar na mão impediu o gol. A orientação passada aos árbitros é que quando se impede um gol com a mão deve ser expulso. A única justificativa que encontro para o erro é que tenham entendido que evitou um gol. Nós discordamos – completou.

Fonte: Redação FogãoNET e SporTV

Notícias relacionadas