Rafael explica laços fortes com o Botafogo e revela carinho especial por Dodô e pelo ‘Carrossel Alvinegro’

22 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Rafael explica laços fortes com o Botafogo e revela carinho especial por Dodô e pelo ‘Carrossel Alvinegro’
Vitor Silva/Botafogo

Torcedor do clube, Rafael realizou um sonho de infância no último domingo, ao entrar em campo com a camisa 7 e estrear pelo Botafogo diante do Sampaio Corrêa. Em entrevista ao SBT Sports Rio, o lateral-direito mostrou muita felicidade com o momento.

– Sensação maravilhosa, é um sonho realizado poder vestir essa camisa. Não tem nem como explicar. Imaginei jogar no Botafogo, mas vestindo essa camisa 7, do Túlio Maravilha, Dodô, Jairzinho, Garrincha, tantos outros… – afirmou Rafael.

Apesar de ter sido revelado no futebol pelo Fluminense, tendo saído muito cedo do Brasil ao lado do irmão Fábio para jogar pelo Manchester United, Rafael lembrou que o início de tudo foi com a camisa do Botafogo, no futsal.

– Comecei na verdade no salão do Botafogo, mas como Xerém é muito mais perto de Petrópolis (cidade dele), e tínhamos dado a palavra ao Sr. Ênio, que era diretor da época, tínhamos feito um teste lá, optamos por ir para o Fluminense – disse, explicando o amor pelo Botafogo:

– Meu pai é botafoguense, a família dele é quase toda botafoguense. Eu e meu irmão escolhemos ser botafoguenses.

Rafael falou também sobre o time que mais gostou de acompanhar como torcedor do Botafogo e elegeu Dodô como seu jogador preferido.

– O time que eu mais gostei de acompanhar era o da época de Lucio Flavio, Dodô, Zé Roberto… Eu estava empolgado. Quando o Seedorf chegou também, claro, mas eu já estava jogando na Europa. Todos falam do Túlio, que é um ídolo, mas eu era muito pequenininho. O maior jogador, que eu mais gostei de ver jogar, foi o Dodô – contou.

Fonte: Redação FogãoNET e SBT

Notícias relacionadas