Rizek se revolta com estado da cobertura do Estádio Nilton Santos: ‘Imagens depõem contra’

80 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Cobertura do Estádio Nilton Santos, do Botafogo
Reprodução/SporTV

Estádio administrado pelo Botafogo, o Nilton Santos recebeu críticas no programa “Seleção SporTV” desta segunda-feira por conta da situação da cobertura. Nas imagens da transmissão do clássico com o Fluminense, foi possível ver o teto sujo, feio e com buracos.

– É um absurdo no Brasil o uso e como estão arenas feitas com dinheiro público. Ontem uma imagem aérea mostrou a cobertura do Nilton Santos. Esse estádio parou para obras na cobertura há seis anos, em 2016. Como acontece nos grandes eventos do mundo, as empresas detentoras dos direitos fazem imagens aéreas que são um espetáculo. No caso do Nilton Santos depõem contra. Olha o estado em que se encontra, de acabamento e buracos. Digo isso porque o Botafogo já disse que quer outro lugar para jogar. Aí vamos ter um problemão. O que vai ser do Engenhão? – questionou André Rizek.

Estádio construído pela prefeitura do Rio de Janeiro, o Nilton Santos tem problemas estruturais há tempos e chegou a ficar interditado por quase dois anos por conta de um suposto problema na cobertura.

Além dele, o Maracanã também foi criticado.

– O Estádio Nilton Santos e o Maracanã não estão tendo a manutenção que deveriam. O Maracanã tem clima de abandono. É uma verdade. O Engenhão está cheio de infiltração e planta nascendo, o Maracanã tem reboco caindo – reclamou Luís Roberto.

Notícias relacionadas