Secretária da presidência do Botafogo deixa o cargo após áudios vazados e clube abre processo seletivo

32 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Secretária da presidência do Botafogo deixa o cargo após áudios vazados e clube abre processo seletivo
Reprodução/Botafogo TV

Após ter áudios vazados em que faz duras críticas ao CEO Jorge Braga, Dalila Vianna não ocupa mais o cargo de secretária da presidência do Botafogo. A informação é do perfil “Botafogo News”.

O clube alvinegro já abriu um processo seletivo para preencher a vaga e está sendo muito criterioso na escolha deste novo (a) profissional.

Nos áudios vazados no último dia 14 de janeiro, Dalila disse que Jorge Braga era odiado internamente e que teria recebido uma comissão de R$ 16 milhões pela venda da SAF do clube para John Textor.

Posteriormente, o Botafogo divulgou nota lamentando o vazamento e negando a veracidade das informações que constavam nos áudios.

Fonte: Redação FogãoNET e Twitter Botafogo News

Notícias relacionadas